Menu
SADER_FULL
sexta, 25 de setembro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ZANZI
Brasil

OAB/MS vai à Brasilia contra horário do Forum

26 Ago 2010 - 08h24Por OAB / MS

O Presidente da Seccional da OAB/MS, Dr. Leonardo Avelino Duarte foi a Brasília-DF, no Supremo Tribunal Federal (STF) para verificar sobre despacho empedido liminar em Ação Direta de Inconstitucionalidade quanto ao horário de funcionamento dos Foruns da Justiça Comum Estadual.

 

O Ministro Marco Aurélio Melo deve analisar o pedidoliminar para retorno ao atendimento em horário normal, pedido da Seccional da OAB/MS, tendo em vista licença temporária do Ministro Celso de Melo, estedevendo analisar o mérito quando de seu retorno às atividades. “Na primeira reunião de Colégio de Presidentes em 2010, levei para a reunião do Colégio cópia da proposta do TJ/MSsobe a mudança de horário de atendimento, e a esmagadora maioria dos Presidentes de Subseção não sabiam sobre isso.

Eu disse que não queríamos a alteração do horário, até porque em nada resolveria o problema de demora em andamentos processuais com atendimento das 12:00h às 19:00h. Ao contrário, a mudança traria grandes prejuízos a todos, pois uma boa parte do dia o Forum estaria fechado e impossibilitaria Advogados de adiantarem serviços, de trabalharem.

Esse assunto foi discutido no Conselho da Subseção e levado à Seccional, e o Presidente Dr. Leonardo tem tomado as providências cabíveis para resolver o assunto. Daí até mesmo ADIn protocolada no STF”, disse o Presidente da Subseção.

É grande o clamor dos Advogados no Estado para o retorno do horário normal no atendimento da Justiça Estadual, das 07:00h às 18:00h. Transtornos têm sido causados, como impossibilidade de o profissional verificar processos na parte da manhã para à tarde se deslocar para outra cidade para verificar processos e mesmo realizar audiências.

Vários outros problemas existem, até para atendimento à sociedade em geral, que agora tem uma “justiça pela metade”, ou seja: pela manhã não a atende, e só o faz na parte da tarde, quando os cidadãos gostariam de ter atendimento durante todo o dia, ainda mais nos dias de hoje, com a dinâmica da vida, conforme manifestação de várias pessoas.

“A 4ª Subseção fará uma ampla discussão em seu auditório sobre o assunto, assim como com outras instituições locais e com a sociedade em geral, conforme já verificado com o Presidente da Seccional, dias atrás.

Vamos colher assinaturas de colegas e da sociedade em geral para demonstrar a insatisfação dos cidadãos, em especial de quem milita na justiça e daqueles que mais necessitam dos serviços dos fóruns, como certidões negativas e outros atos provindos do judiciário”, disse o Presidente da Subseção, Dr. Cesar Augusto Rasslan Câmara.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Motorista registrou a travessia de uma jiboia na avenida Ayrton Senna, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. FORA DO HABITAT
VÍDEO: motorista flagra jiboia cruzando pista de avenida no RJ: 'olha isso'
Só queria que me entendessem sem preconceito! PRECONCEITO
Jovem é expulso de casa ao assumir namoro com mulher trans
Yan e um comparsa renderam mãe e filha na rua CRIMINOSO
Bandido morto pela PM arrancou família de carro e agrediu mulher uma semana antes
O diesel não sofreu reajuste. + ALTA
Gasolina sobe 4% nas refinarias, anuncia Petrobras
O total de mortes causadas por covid-19 chega a 138.108, um acréscimo de 0,6% sobre a soma de segunda Saúde
Covid-19: Brasil tem 33,5 mil novos casos e 836 mortes em 24 horas
HERANÇA PORTUGUESA
A herança portuguesa na vida cotidiana do Brasil
Os beneficiários nascidos em janeiro  3,9 milhões de pessoas  poderão sacar AJUDA FINANCEIRA
Caixa paga nova parcela do auxílio emergencial para 5,6 milhões de pessoas
o maior programa de assistência aos mais pobres no Brasil e talvez um dos maiores do mundo PRESIDENTE NA ONU
Bolsonaro diz que brasileiros receberam mil dólares de auxílio
Imagem: Reprodução/Balanço Geral Londrina FUGA EM MASSA
Presos fogem de cadeia após surto de Covid-19
Material estava dentro de uma bexiga e enrolado com fita isolante PROFUNDEZAS DO CRIME
8 celulares e outros materiais são retirados do ânus de preso