Menu
SADER_FULL
quinta, 22 de outubro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ZANZI
Brasil

OAB pede providências ao Governo para solucionar caso

16 Ago 2004 - 17h18
 
O representante da Comissão de direitos humanos da OAB/Dourados, Márcio Fortine, diz que já entrou em contato com várias instituições do Estado que possam ajudar a solucionar o problema do 1o. Distrito Policial da Cidade.

Hoje pela manhã, a comissão fez uma vistoria no local e reconheceu que as celas não têm condições de receber os presos e estão interditadas pela Justiça. Por isso, três detentos estão algemados ao sofá, na sala da delegacia.

De acordo com a OAB, existem sete laudos periciais feitos em 2002 onde foram constatados que a delegacia não tinha condições de abrigar os presos. No início do ano seguinte, o governo do Estado teria participado de uma audiência pública e prometeu resolver a situação criando um presídio ou fazendo a reforma do 1o DP no prazo de seis meses.

“Como isso não foi cumprido, o juiz Celso Schuch agiu conforme a Lei. A delegacia não pode comportar mais presos, o presídio Harry Amorim também está superlotado. Cabe-nos cobrar providências aos órgãos competentes para resolver a situação”.

 
 
RMT Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORONAVIRUS
Morre voluntário brasileiro que participava de testes da vacina de Oxford
MORTE SUBITA
Idoso morre em voo de Cuiabá para SP; avião faz pouso de emergência
BRASIL - 154.176 MORTES
Covid-19: Brasil tem mais 271 óbitos e 15.383 novos casos em 24h
TRAGÉDIA NA CIDADE
Acidente entre trem e e micro-ônibus deixa uma mulher morta e feridos
VEJA VIDEO
Índio precisa buscar socorro a cavalo após ataque de onça
ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Filha de 9 anos flagra pai estuprando menina de 5 na lateral da casa
AUXILIO POPULAÇÃO
Auxílio emergencial: 5,6 milhões de pessoas recebem nesta terça-feira
FAMOSIDADES
Luan Santana e Jade Magalhães terminam noivado de 12 anos
CORONAVIRUS NOS ANIMAIS
Gato é o primeiro animal no Brasil que testa positivo para o Coronavirus
ABSURDO
Enfermeiros, fisioterapeuta e médico são afastados após denúncia de estupro na UTI