Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 3 de dezembro de 2021
SADER_FULL
Busca
Brasil

Número de servidores públicos cresceu 57 mil desde 2003

7 Out 2009 - 06h12Por G1

O Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão informou que o governo federal efetuou a contratação líquida, ou seja, acima do volume de demissões, de 57 mil servidores públicos entre janeiro de 2003 e maio de 2009, em pouco mais de seis anos do governo Luiz Inácio Lula da Silva.

"A política de recomposição da força de trabalho no período de 2003 a 2008, no Poder Executivo federal, priorizou áreas estratégicas para o atendimento à população como educação, fiscalização e segurança pública", informou o Ministério do Planejamento, com base em estudo elaborado pela Secretaria de Gestão da pasta.

Segundo o secretário de Gestão do Ministério do Planejamento, Marcelo Viana, o objetivo do governo é "fortalecer a atividade dos órgãos existentes" e "criar novas estruturas em setores que são fundamentais para o desenvolvimento do país e nos padrões esperados pela sociedade".

Contratações

Dos 57 mil servidores públicos contratados neste período, segundo o governo federal, 29 mil foram destinados para a Educação, sendo 14 mil professores. A administração pública federal conta com 542.843 servidores civis ativos (posição de maio de 2009), em comparação a 485.741 de janeiro de 2003. No período 2003 a 2009, informou o Ministério do Planejamento, foram autorizadas 160,7 mil vagas para a realização de concurso público.

Segundo o estudo da Secretaria de Gestão, o crescimento nos quadros da administração federal, de 57.102 novos servidores, é "expressivamente menor em relação às vagas autorizadas" e decorreu de aposentadorias, falecimentos, e outras exclusões. "Outro motivo foi a rotatividade de aprovados em mais de um concurso que se transferem de carreiras consideradas pouco atrativas para outras", acrescentou.

40% dos servidores com mais de 50 anos

No caso das aposentadorias, aproximadamente 40% dos servidores civis ativos do Poder Executivo já ingressaram na faixa de 50 anos ou mais de idade, o que, segundo o Ministério do Planejamento, "reforça a necessidade de concursos". 

Na proposta de Orçamento para 2010, consta que os três poderes (Executivo, Legislativo e Judiciário) poderão fazer concurso público para até 56,8 mil vagas no ano que vem. 

Segundo o estudo do Ministério do Planejamento, em alguns órgãos e entidades do governo federal o processo de envelhecimento é ainda mais crítico. "O Banco Central é citado como exemplo nesse processo, por ter em seus quadros expressivo número de servidores que ingressaram no serviço público na década de 70", acrescentou.

Leia Também

ABUSO DE AUTORIDADE
PM arrasta homem negro algemado em moto; "Como na escravidão", diz gravação
REVOLTANTE
Índia de 13 anos violentada pelo avô busca ajuda e acaba estuprada por 4 em unidade saúde
DOENTIO
Mulher descongela geladeira e encontra corpo de bebê escondido em sacola
PONTE BIOCEÂNICA
Ponte Bioceânica vai ganhar nova data de lançamento; Bolsonaro e Marito participam
AÇÕES DO GOVERNO MS
Com estados da região Sul, Azambuja quer integração ferroviária e união para redução de carbono
PIX SAQUE
Pix Saque começa hoje:comércio vê nova ferramenta como chamariz para clientes,mas teme por segurança
TRAGÉDIA NA LINHA DO TREM
vítima comemorou aniversário do marido um dia antes de morrer com a filha em acidente com trem
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil registra 229 óbitos e 9,2 mil novos casos
# PREVENIR É O REMÉDIO
Covid-19: Brasil registra 303 mortes e 12.126 casos em 24 horas
DESESPERO
Vídeo: veja momento em que calçada cede e pessoas caem em rio