Menu
SADER_FULL
quarta, 21 de abril de 2021
Busca
Brasil

Número de farmácias populares pode chegar a 100

20 Ago 2004 - 17h33
A diretora de Programas do Departamento de Assistência Farmacêutica do Ministério da Saúde, Jamaira Giora, disse hoje que até o final deste ano pode chegar a 100 o número de farmácias populares, onde a população pode adquirir remédios com preços menores do que os praticados nas farmácias convencionais. O projeto conta atualmente com 23 farmácias.

Em entrevista ao programa Revista Brasil, da Rádio Nacional AM, Jamaira Giora disse que a principal diferença entre as farmácias populares e as convencionais é o preço praticado. Nas farmácias populares, os medicamentos são adquiridos em grande quantidade e vendidos a preço de custo. A diferença de preço entre as duas é de cerca de 60%. Além disso, as farmácias populares prestam um serviço de orientação farmacêutica à população. “Nos temos até agora 23 farmácias populares. O programa foi lançado de forma gradativa, uma experiência sem similar no país. A proposta é nova e nós temos uma avaliação bastante positiva”, afirmou a diretora.
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRUTALIDADE
Adolescente queimado por negar sexo com homens morre em hospital
VACINA RUSSA
Governador diz que consórcio vai adquirir 28 milhões da vacina Sputnik V
LUTO NA SAÚDE
Dias após perder os pais, médica de 36 anos morre de Covid-19
VITIMA DA COVID 19
Vídeo: enfermeiro que receitava cloroquina se passando por médico morre de Covid-19
OS AMORES DO REI
Roberto Carlos teve três casamentos, paixões secretas e perdas em seus 80 anos
JUVENTUDE EM ALERTA
Covid: Variante acelera intubação de jovens e SP orienta procurar ajuda no 1º dia de sintomas
ATAQUE CANINO
Pit bull mata criança de 2 anos e deixa o irmão dela ferido
VIDEO CAPIVARA NA IGREJA
Capivara invade igreja: 'acho que ela veio rezar conosco', brinca Padre
BEBEDEIRA
Idoso conhece mulher, leva para casa é atacado a facadas
ROUBO DE CARGA
Três mil pessoas roubam carga de carne após carreta tombar e provocam novo acidente