Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 12 de junho de 2021
Busca
Brasil

Número de empresas cresce 60% em MS

10 Fev 2010 - 10h58Por Dourados Agora

As ações do Projeto de Panificação e Confeitaria, iniciado no ano passado pelo Sindepan/MS (Sindicato das Indústrias de Panificação e Confeitaria de Mato Grosso do Sul) e Sebrae/MS (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Estado), contribuíram para elevar o número de empresas desse segmento industrial em até 60%. Os dados foram apresentados ontem durante reunião de empresários das indústrias de panificação e confeitaria realizada na sede do Sebrae/MS em Campo Grande.
Segundo o presidente do Sindepen/MS, Raul Barbosa, com término previsto para 2011, o Projeto tem surtido efeito no Estado. "O ano de 2009 foi muito bom para gente, mostramos que com união é possível fazer grandes ações. Realizamos um bom trabalho em busca de novos associados, mostramos que o Sindicato é atuante e isso resultou na participação ativa de mais 15 empresas", avaliou, informando que os trabalhos tiveram início com 25 associados participativos e agora conta com 40.
Ele lembrou ainda que só em Campo Grande existem cerca de 180 empresas e que em todo o Estado são 450. "É importante que os empresários que participam do trabalho levem para os demais as informações que são repassadas, para que eles também venham se unir a nós. Hoje nós temos um apoio muito grande do presidente da Fiems, Sérgio Longen, que contribui para grandes feitos como as ações em comemoração à Semana do Panificador, quando realizamos cursos para os trabalhadores e distribuímos pães à população", relembrou.
O gestor do Projeto Panificação e Confeitaria do Sebrae/MS, Assis Luiz de Souza, apresentou na reunião os pontos a serem trabalhados durante a execução. "A intenção é fortalecer o setor da panificação e aumentar em mais 50% o número atual de empresas filiadas ao Sindicato até 2011 e em 5% o tíquete médio das empresas participantes do Propan (Programa de Apoio à Panificação)", declarou.
Durante a apresentação do resumo dos trabalhos realizados em 2009, também foram apontadas pela técnica Márcia Prates as ações de Responsabilidade Social desenvolvidas pelo Sesi. "É preciso conscientizar o empresário sobre a importância de envolver os funcionários nessas ações. Isso é bom para o trabalhador, para a empresa e para a sociedade, nós estimulamos e queremos que as empresas dêem continuidade às ações", reforçou.
Para o empresário Gustavo Rondon Nantes, da Panificadora Monte Líbano, a atuação do sindicato despertou a motivação dos trabalhadores e a união das empresas. "Nossa empresa ficou em primeiro lugar na arrecadação de agasalhos no ano passado e isso deixou os funcionários muito felizes e motivados. Nós empresários nos aproximamos dos demais e isso contribui para a troca de experiências", disse. Já Carlos Henrique Brites Taveira, da Panificadora Barcelonas, destacou os cursos profissionalizantes. "Vejo que isso fez grande diferença e que contribui para a atração de outras empresas", finalizou

Deixe seu Comentário

Leia Também

CÓDIGO DE TRÂNSITO
Mudanças no código de trânsito brasileiro e suas implicações para motoristas
ESPORTE PELO MUNDO
Em fase artilheira no Cazaquistão, lateral Bryan, ex-Cruzeiro, valoriza presença e relacionamento
FOTO: Só Notícias / Luan Cordeiro / ASSESSORIA COPA AMÉRICA 2021 - NO BRASIL
COPA AMÉRICA: Confira as 06 Seleções que jogarão na Arena Pantanal
biden vacinas capa 696x487 SOLIDARIEDADE
Biden anuncia que vai mandar vacinas para o Brasil e outros países
FENÔMENO RARO
Junho tem Eclipse Solar, Lua de Morango e dia mais longo do ano
PROTESTOS PELO BRASIL
29M pelo fora Bolsonaro chegou a mais de 200 cidades e ganhou as redes sociais
ATENTADO AO PUDOR
Prostitutas exibem partes íntimas no meio da rua, moradores reclamam, Vídeos
NA BRONCA
Bolsonaro aciona STF contra decretos estaduais que impõem restrições para conter Covid-19
BARBÁRIE
Homem encontra partes do corpo do filho em rio
FENÔMENO RARO
Super Lua de Sangue e Eclipse total acontece nesta quarta