Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 21 de setembro de 2020
SADER_FULL
Busca
ZANZI
TECNOLOGIA

Novo RG com chip deverá custar de R$ 12 a R$ 15

16 Ago 2010 - 14h52Por Terra

Após mais de 100 anos em uso, o documento de identidade ou Registro Geral (RG) sofrerá modificações tecnológicas e, até o final deste ano, as cédulas começam a se transformar em cartões com chip. "Toda a população vai ter que tirar o Registro de Identidade Civil (RIC) ao longo de nove anos, inicialmente, a previsão é de que o custo fique entre R$ 12 e R$ 15 para o portador", segundo o diretor do Instituto Nacional de Identificação (INI) da Polícia Federal, Marcos Elias Cláudio de Araújo. Para 2010, a previsão é de que 100 mil documentos sejam emitidos.

No total, 22 Estados já aderiram ao projeto, dentre eles, Brasília e Rio de Janeiro. São Paulo e Rio Grande do Sul preferiram esperar a medida começar a valer, segundo Araújo. Para alguns locais, a alteração não vai pesar no bolso do cidadão, pois a primeira via do RG já é cobrada. No Rio Grande do Sul, por exemplo, a taxa é de R$ 28,25; em Santa Catarina é cobrado R$ 13,30 para a emissão da primeira via da cédula de identidade. Já na Bahia, Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília o
custo para tirar o primeiro RG é zero.

Além da despesa da população, o Governo Federal deve desembolsar R$ 1,4 bilhão para a instalação do projeto e emissão de 170 milhões de carteiras, durante os nove anos de adaptação. Para Araújo, os gastos iniciais são balanceados pela economia com o combate à fraude. Os principais
ganhos, de acordo com o diretor, são modernidade, garantia de individualidade do cidadão, combate à falsificação e impossibilidade de uma pessoa se passar por outra, pois a codificação do chip deverá bater com a impressão digital do indivíduo. "Os custos ficam balanceados, tem um investimento inicial, mas isso abate depois", explica. Além disso, o banco de dados de digitais dos brasileiros de cada Estado passará a ser nacional, aumentando ainda mais o controle e segurança do País.

Por enquanto, o RIC só substituirá o RG, mas, a ideia é que ele seja usado no lugar do CPF, carteira de habilitação e título de eleitor.

O novo modelo de identificação foi previsto pela Lei 9.454/97, criada a partir de um projeto do senador Pedro Simon (PMDB-RS). Porém, foi o deputado William Woo (PPS-SP) quem viabilizou a medida, estabelecendo um convênio com os Estados para a emissão do documento. Para Woo, a modernização vai aumentar a "eficácia da perícia criminal brasileira e tornar realidade o que hoje se vê nos programas de televisão sobre laboratórios criminais".

O comitê responsável pelo novo documento deve se reunir no dia 25 de agosto para começar as discussões sobre o cartão a ser adotado, com base em um modelo já desenvolvido pelo INI. Segundo a PF, ainda deve ocorrer o processo de licitação para a determinação da empresa que fabricará os dispositivos.

Passaportes ganham chip em dezembro

Modificado pela última vez em 2007, quando recebeu mais 16 itens de segurança, o passaporte sofre nova atualização em dezembro deste ano, não só na aparência, mas no preço. Segundo informações da coordenação de imigração da PF, a
Casa da Moeda começa a expedir o documento com um chip na capa, a partir de dezembro. O preço da alteração custará R$ 24 a mais do que o passaporte emitido atualmente e o portador deve gastar R$ 180 para a emissão.

De acordo com a Divisão de Passaportes (Depas) da PF, participam da medida a Itautec (fabricante do chip), a Coordenação Geral de Imigração, o Serviço de Processamento de Dados Federal (Serpro) e a
Casa da Moeda.

O novo passaporte vai facilitar a imigração no País, já que uma máquina fará a leitura do chip e liberação automatizada dos passageiros. O modelo já é usado nos principais países da Europa e nos Estados Unidos. Segundo a Depas, o Brasil adotará a tecnologia com vista na Copa do Mundo em 2014. Os portadores do modelo antigo poderão usá-lo até a data de validade.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Tumulos quadruplicaram em maior parte dos cemitérios BRASIL - 136.895 MORTES
Saúde atualiza números da pandemia: Brasil tem 363 novos óbitos
Caixa com cenouras de boa qualidade 100 DESPERDÍCIOS
Governo cria Rede de Bancos de Alimentos para combater desperdício
Ainda de acordo com a atualização, 567.369 pessoas estão em acompanhamento e outras 3.753.082 se recuperaram. PANDEMIA
Covid-19: Brasil acumula 4,4 milhões de casos e 134,9 mil mortes
Os beneficiários nascidos em janeiro  3,9 milhões de pessoas  poderão sacar AUXILIO EMERGENCIAL
Caixa abre 770 agências amanhã das 8h às 12h
Apesar do esforço médico a adolescente não resistiu. DESCARGA FATAL
Adolescente segura extensão de energia e morre após sofrer descarga elétrica
Assaltante magro está com um revólver na mão direito e boné na esquerda TERROR NA RODOVIA
Vídeo mostra ação extremamente violenta de ladrões em Rodovia
As imagens mostram que a vítima estava prestes a sair de moto VIOLENCIA NA CIDADE
Homem é flagrado agredindo e tentando atropelar a ex; veja vídeo
Bolsonaro autorizou estudos para a área. PROGRAMA ASSISTENCIAL
Após desistir do Renda Brasil, Bolsonaro autoriza criação de novo programa social
Bolsonaro com Ricardo Barros APREENSÃO
Gaeco cumpre mandado em escritório de Ricardo Barros, lider do governo Bolsonaro na Câmara
presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ) AGORA
Maia testa positivo para Covid-19, informa assessoria do deputado