Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 25 de janeiro de 2021
Busca
Brasil

Novo método de diagnóstico pode reduzir morte súbita em até 79%

6 Mai 2011 - 09h09Por Folha

Uma equipe multidisciplinar --que reúne cardiologia, genética clínica e molecular-- desenvolveu um método de diagnóstico de risco de morte súbita que pode reduzir este tipo de caso em até 79% nas pessoas com menos de 35 anos, e em 55% com mais 35 anos.

A Fundação Grupo ERESA e a Fundação Sistemas Genômicos apresentaram "Coração em ON", uma unidade que une o diagnóstico por imagem e o genético para detectar com adiantamento o risco de morte súbita antes que se produzam os primeiros sintomas.

A unidade é liderada pelos doutores José Zamorano e Salvador Campos e é formada por dez integrantes. Entre eles, cinco são especialistas em diagnóstico cardiológico por imagem e o restante, em genética clínica, molecular e bioinformática.

A abordagem de diagnóstico de cardiopatias é baseada em uma análise simultânea de 72 genes relacionados à morte súbita, como miocardiopatias e transtornos genéticos do ritmo cardíaco, que se combina com um estudo cardiológico por imagem, para obter uma "avaliação do diagnóstico em um prazo recorde de 90 dias".

A Fundação Grupo ERESA lembrou em seu comunicado que 90 % dos casos acontecem por causa de uma doença cardíaca ou têm origem genética, que constituem a maior proporção dos casos de morte súbita em menores de 35 anos.

Segundo esta unidade, "nas cardiopatias de origem hereditária é de grande importância a identificação genética no paciente e nos parentes em risco, já que a detecção de uma mutação genética permite estabelecer medidas terapêuticas ou preventivas".

Nos últimos anos, vários esportistas de elite morreram por morte súbita, como é o caso dos jogadores Daniel Jarque (2009), Antonio Puerta (2007), Miklos Feher (2004) e Marc-Vivien Foé (2003), entre outros. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

GANGUE DO TIJOLO
Menores entre 13 e 17 anos formam bando e fazem 'arrastão'; veja vídeo
LUZ DO DIA
Empresário é executado com três tiros dentro de carro
SELFIE DA MORTE
Professora tenta tirar selfie e morre afogada ao cair no mar
tratamento precoce prefeito curitiba 100 TRATAMENTO
"Estão no Cemitério", diz prefeito de Curitiba sobre pessoas que usaram tratamento precoce Covid-19
A CASA CAIU
Mulher invade casa e flagra namorado fazendo sexo com outra; veja vídeo
LINHA DE FRENTE
'Ele lutou até o final', diz irmã de médico de 28 anos, após quase um mês morreu de Covid-19
SEU BOLSO
Litro da gasolina sobe R$ 0,15 nas refinarias da Petrobras
ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Na calada da noite, namorado da avó estupra criança de 12 anos e é espancado por vizinhos
CONCURSO PÚBLICO
Concurso da Aeronáutica somam com as 21 mil vagas em outros concursos que a semana oferece
DEU RUIM
Jovem é atingido por raio enquanto usava celular no banheiro