Menu
SADER_FULL
domingo, 13 de junho de 2021
Busca
Brasil

Nova romaria de prefeitos em Brasília cobra verba de saúde

8 Mar 2010 - 15h16Por Conjuntura Online

O presidente da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul), Beto Pereira (PSDB), lidera grupo de prefeitos que vai a Brasília nesta quarta-feira participar de mobilização nacional em favor da votação de matérias importantes pelo Congresso Nacional.

Durante o movimento, organizado pela CNM (Confederação Nacional de Municípios), os prefeitos vão cobrar, entre outras matérias pendentes, a aprovação da Emenda Constitucional 29 e a partilha de royalties do Pré-sal.

O movimento também chama atenção para que a bancada federal se sensibilize com relação às implicações das matérias que aumentam despesas e criam mais obrigações para os municípios, como o piso salarial dos agentes comunitários de saúde.

Antes da mobilização, Beto Pereira participa, nesta terça-feira, de reunião, na CNM, entre dirigentes estaduais de associações municipais, quando será encaminhada a pauta do movimento nacional em favor de mais verbas federais para as prefeituras.

De acordo com o diretor-executivo da Assomasul, Sebastião Nunes da Silva, cerca de 20 prefeitos devem integrar a caravana que seguirá a Brasília esta semana.

A mobilização promovida pela Confederação ocorrerá no auditório Nereu Ramos da Câmara dos Deputados, justamente onde falta ser votada a Emenda Constitucional 29.

O presidente da Assomasul não acha justo que somente os municípios cumpram seus compromissos na área de saúde. Ele se refere ao fato de as prefeituras serem obrigadas a repassar 15% do seu orçamento para a Saúde, cabendo aos estados 12%, enquanto que e a União não faz a sua parte.

Os prefeitos querem uma definição de novos percentuais a serem compartilhados entre as três esferas administrativas, de modo que o governo federal arque com 10% das despesas com a saúde pública brasileira.

O impasse na votação da matéria deve-se a manobra da  base aliada do governo, cujo argumento é que seria preciso criar uma fonte de recurso para gerenciar o setor de saúde pública, referindo-se a proposta do Palácio do Planalto de instituir a CSS  (Contribuição Social para a Saúde), a exemplo da extinta CPMF (Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira), o chamado imposto do cheque. 

Também há expectativa de inclusão na ordem do dia da Câmara dos Deputados da PEC (Proposta de Emenda Constitucional) nº 387/09, que trata do Pré-sal.

Eles alimentam a esperança na aprovação da PEC apresentada pelos deputados Ibsen Pinheiro (PMDB-RS) e Humberto Souto (PPS-MG), sobre nova partilha dos recursos originários da exploração da camada do pré-sal, dentro da política petrolífera.

A divisão do bolo a ser originado dessa potencial riqueza tem provocado conflitos de interesse, envolvendo, de um lado, o Rio de Janeiro, São Paulo e Espírito Santo, Estados maiores produtores de petróleo, e, de outro, o restante dos Estados em busca de fontes de receitas para o financiamento de seus projetos regionais de desenvolvimento, neles incluídos os municípios.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CÓDIGO DE TRÂNSITO
Mudanças no código de trânsito brasileiro e suas implicações para motoristas
ESPORTE PELO MUNDO
Em fase artilheira no Cazaquistão, lateral Bryan, ex-Cruzeiro, valoriza presença e relacionamento
FOTO: Só Notícias / Luan Cordeiro / ASSESSORIA COPA AMÉRICA 2021 - NO BRASIL
COPA AMÉRICA: Confira as 06 Seleções que jogarão na Arena Pantanal
biden vacinas capa 696x487 SOLIDARIEDADE
Biden anuncia que vai mandar vacinas para o Brasil e outros países
FENÔMENO RARO
Junho tem Eclipse Solar, Lua de Morango e dia mais longo do ano
PROTESTOS PELO BRASIL
29M pelo fora Bolsonaro chegou a mais de 200 cidades e ganhou as redes sociais
ATENTADO AO PUDOR
Prostitutas exibem partes íntimas no meio da rua, moradores reclamam, Vídeos
NA BRONCA
Bolsonaro aciona STF contra decretos estaduais que impõem restrições para conter Covid-19
BARBÁRIE
Homem encontra partes do corpo do filho em rio
FENÔMENO RARO
Super Lua de Sangue e Eclipse total acontece nesta quarta