Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 30 de outubro de 2020
SADER_FULL
Busca
CIA DO BICHO
Brasil

Nova Andradina tem 471 novas casas

27 Set 2004 - 07h10
Após mais de duas décadas, Nova Andradina volta a receber investimentos na área habitacional. Isso ocorreu durante a atual gestão, que diante do quadro caótico no setor, buscou através de projetos e parcerias beneficiar o município com, pelo menos, dois conjuntos habitacionais. A cidade ganhou os residenciais “Flávio Derzi”, na região do Cemitério Municipal, e o “Argemiro Ortega”, no outro extremo da cidade.
Os dois conjuntos habitacionais proporcionaram influências de diversas formas, no dia a dia da população. Primeiro foi o teto, para 471 famílias que ainda não tinham casa própria. Também, a qualidade de vida, que teve melhorias significativas, libertando inúmeras famílias dos compromissos com aluguéis na região periférica da cidade, até então, considerados pelos usuários como exorbitantes.
Dentro do programa “Nova Moradia”, desenvolvido pela atual administração, um dos objetivos a ser cumprido é o desfavelamento da cidade, com focos novos surgindo a cada dia e nos mais diversas regiões. Lideranças ouvidas pela reportagem asseguram que, ainda existem pessoas morando em condições precárias, porém diminuiu sensivelmente o problema.
Um dos que avalia como positivo o “Nova Moradia” é o líder comunitário Aparecido Soares, presidente da Associação de Moradores do bairro Durval Andrade Filho, que tem o projeto de construção de 22 novas moradias. Segundo os moradores, é uma reivindicação antiga das lideranças do bairro, que vai atender pessoas que hoje residem em condições precárias. O projeto será levado em frente, através da parceria entre o governo do Estado, a Caixa Econômica Federal e o município. O projeto também vai beneficiar o bairro Argemiro Ortega, que terá 28 novas moradias. Um esforço que concentrado, visa assegurar as pessoas contempladas com terrenos a construir.
Os dois bairros fecham uma etapa importante, quando mais 50 famílias terão sua casa própria. “Estou ansiosa para ver o início da construção de minha casa”, disse a moradora Jocinéia Bastos, mãe de dois filhos e que hoje reside em um terreno de propriedade do município.
No bairro Horto Florestal, a prefeitura também desenvolve um projeto, que prevê construir 50 novas moradias. Conforme levantou o Diário MS, neste bairro existem ainda vagas para pessoas interessadas na casa própria.
 
 
 
 
Diário MS

Deixe seu Comentário

Leia Também

PANDEMIA AINDA NÃO ACABOU
Pandemia avança e MS registra 555 novos casos de Coronavírus em apenas 24h
INCÓGNITA
Governo ainda não definiu como será o 13º de quem teve corte salarial
ANTICORPOS
Bebê nasce com anticorpos contra covid-19
Vítima contou violência sexual para a tia ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Idoso é denunciado por estuprar filha de amigos e a enteada
FENÔMENO DA NATUREZA
Evento raro: Lua Azul poderá ser vista no Dia das Bruxas
AUXILIO POPULAÇÃO
Caixa deposita auxílio emergencial nesta 5ª feira para nascidos em novembro
FOI MAL
Bolsonaro recua e revoga decreto que facilita privatização dos postos do SUS
90% RECUPERADOS
Brasil tem 158,4 mil mortes por covid-19 desde início da pandemia
ASSEDIO SEXUAL
Dono de loja é preso por estuprar jovem na entrevista de emprego
100 PAGAMENTOS
Mais de 17 milhões devem ficar sem todas as parcelas do auxílio