Menu
SADER_FULL
quarta, 10 de agosto de 2022
BANNER IMPRESSORAS
Busca
Brasil

“Nós vamos pedir votos de cabeça erguida, o Estado mudou”, diz MOKA

26 Jun 2010 - 12h30Por Fátima News com Denilson Pinto
Aclamado por mais de cinco mil pessoas que participavam da convenção que lançou a candidatura de André Puccinelli à reeleição, o candidato ao Senado Waldemir Moka, úmero 151, disse que nestes três anos e meio ”o Estado de Mato Grosso do Sul  mudou, por isso nós vamos pedir votos de cabeça erguida”.
Moka disse que o governador André Puccinelli é um vitorioso “porque ninguém fez tanto por este Estado em tão pouco tempo”. De um Estado que não agüentava pagar sequer os salários em dia, hoje Mato Grosso do Sul investe 3 bilhões de reais através do MS Forte.
         Depois de agradecer a confiança dos suplentes, a primeira-dama Maria Antonieta Trad e o vereador Gino Ferreira, de Dourados, Moka disse que “estamos aqui olhando pra vocês nos olhos porque mais de 43 mil famílias vivem com mais dignidade, morando em uma casa própria construída pelo Governo de André Puccinelli”.
O candidato mencionou a pavimentação e recapeamento de 2 mil quilômetros e que “nunca neste Estado um Governo doou uniforme e material escolar para os alunos, incentivando o estudo e a formação de mais de 300 mil estudantes em todos os municípios”. 
Moka assinalou o importante papel dos programas sociais que, hoje, atendem 100 mil famílias, através do Vale Renda e de outros programas sociais.
         Mato Grosso do Sul mudou tanto que há excepcional  interesse das grandes indústrias para se instalar aqui, gerando empregos e trazendo conforto para a nossa gente.
I        PRONTO PARA SER SENADOR  
“Em 3 anos e meio nós ajudamos o André a construir um novo Mato Grosso do Sul, um Estado sério e respeitado em todos os setores e é para continuar trabalhando junto com um Governo do Estado que sou candidato a Senador junto com André, com a Simone e o Murilo”, frisou Moka.
Moka disse que está pronto para ser senador: “são quase 30 anos de vida pública, que começou na Câmara Municipal de Campo Grande, passou pela Assembléia Legislativa do Estado e por três mandatos de deputado federal”.
“Você que me conhece sabe que sou um homem público que não abandona seus amigos, não troca de partido e nem suja as mãos. Elas estão limpas e assim vão continuar”,
No Senado, o principal compromisso é “usar minha experiência, meu conhecimento, meu relacionamento construído ao longo de três mandados de deputado federal para ajudar o governador André Puccinelli a continuar desenvolvendo nosso Estado”.

Leia Também

TENTATIVA DE ASSASSINATO
Coroinha é esfaqueado no pescoço durante missa em igreja
AUXILIO CAMINHONEIRO
Caixa libera consulta ao Auxílio Caminhoneiro
VAMOS AJUDAR - COMPARTILHE
Casal que adotou 3 irmãos autistas vítimas de maus-tratos comove internautas
DESUMANIDADE
Polícia interdita casa de repouso por tortura e sequestro de idosos
DENUNCIADO POR VIZINHOS
Mãe e filho são executados e corpos escondidos dentro de sofá velho jogado em lote baldio
AUXILIO BRASIL
Governo amplia Auxílio Brasil e mais 23,7 mil famílias vão receber em MS
ASSASSINATO
Campeão mundial de jiu-jitsu, Leandro Lo morre após levar tiro na cabeça
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil registra 261 óbitos e 40,4 mil casos em 24 horas
LENDA DO HUMORISMO
Jô Soares morre em São Paulo aos 84 anos
A CONTA GOTAS
Petrobras anuncia corte de R$ 0,20 no preço do diesel