Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 18 de setembro de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

“Nós vamos pedir votos de cabeça erguida, o Estado mudou”, diz MOKA

26 Jun 2010 - 12h30Por Fátima News com Denilson Pinto
Aclamado por mais de cinco mil pessoas que participavam da convenção que lançou a candidatura de André Puccinelli à reeleição, o candidato ao Senado Waldemir Moka, úmero 151, disse que nestes três anos e meio ”o Estado de Mato Grosso do Sul  mudou, por isso nós vamos pedir votos de cabeça erguida”.
Moka disse que o governador André Puccinelli é um vitorioso “porque ninguém fez tanto por este Estado em tão pouco tempo”. De um Estado que não agüentava pagar sequer os salários em dia, hoje Mato Grosso do Sul investe 3 bilhões de reais através do MS Forte.
         Depois de agradecer a confiança dos suplentes, a primeira-dama Maria Antonieta Trad e o vereador Gino Ferreira, de Dourados, Moka disse que “estamos aqui olhando pra vocês nos olhos porque mais de 43 mil famílias vivem com mais dignidade, morando em uma casa própria construída pelo Governo de André Puccinelli”.
O candidato mencionou a pavimentação e recapeamento de 2 mil quilômetros e que “nunca neste Estado um Governo doou uniforme e material escolar para os alunos, incentivando o estudo e a formação de mais de 300 mil estudantes em todos os municípios”. 
Moka assinalou o importante papel dos programas sociais que, hoje, atendem 100 mil famílias, através do Vale Renda e de outros programas sociais.
         Mato Grosso do Sul mudou tanto que há excepcional  interesse das grandes indústrias para se instalar aqui, gerando empregos e trazendo conforto para a nossa gente.
I        PRONTO PARA SER SENADOR  
“Em 3 anos e meio nós ajudamos o André a construir um novo Mato Grosso do Sul, um Estado sério e respeitado em todos os setores e é para continuar trabalhando junto com um Governo do Estado que sou candidato a Senador junto com André, com a Simone e o Murilo”, frisou Moka.
Moka disse que está pronto para ser senador: “são quase 30 anos de vida pública, que começou na Câmara Municipal de Campo Grande, passou pela Assembléia Legislativa do Estado e por três mandatos de deputado federal”.
“Você que me conhece sabe que sou um homem público que não abandona seus amigos, não troca de partido e nem suja as mãos. Elas estão limpas e assim vão continuar”,
No Senado, o principal compromisso é “usar minha experiência, meu conhecimento, meu relacionamento construído ao longo de três mandados de deputado federal para ajudar o governador André Puccinelli a continuar desenvolvendo nosso Estado”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Apesar do esforço médico a adolescente não resistiu. DESCARGA FATAL
Adolescente segura extensão de energia e morre após sofrer descarga elétrica
Assaltante magro está com um revólver na mão direito e boné na esquerda TERROR NA RODOVIA
Vídeo mostra ação extremamente violenta de ladrões em Rodovia
As imagens mostram que a vítima estava prestes a sair de moto VIOLENCIA NA CIDADE
Homem é flagrado agredindo e tentando atropelar a ex; veja vídeo
Bolsonaro autorizou estudos para a área. PROGRAMA ASSISTENCIAL
Após desistir do Renda Brasil, Bolsonaro autoriza criação de novo programa social
Bolsonaro com Ricardo Barros APREENSÃO
Gaeco cumpre mandado em escritório de Ricardo Barros, lider do governo Bolsonaro na Câmara
presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ) AGORA
Maia testa positivo para Covid-19, informa assessoria do deputado
 Joice Pastre, 27 anos, morreu na última sexta-feira (11) GESTO NOBRE
Família doa órgãos de jovem que sofreu aneurisma cerebral
Agência da Caixa atenderá em Fátima do Sul nesta quarta feira AUXILIO EMERGENCIAL
Caixa paga auxílio emergencial para 3,9 mi nascidos em junho
Na semana passada, Bolsonaro descartou o fim do seguro-defeso BOLSA FAMILIA
Governo vai manter o Bolsa Família, diz Bolsonaro
CRIME BÁRBARO
Filho confessa que planejou a morte dos pais por dois anos