Menu
SADER_FULL
sexta, 25 de setembro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

No fim, Botafogo bate o Santos com golaço de Loco Abreu

10 Set 2010 - 07h42Por Gazeta Esportiva

O Santos buscou, criou, pressionou, mas o Botafogo teve aplicação tática durante todo o jogo e foi premiado com um gol de Loco Abreu para vencer por 1 a 0, nesta quinta-feira, no Pacaembu. O uruguaio entrou no decorrer do segundo tempo e marcou, no final, um lindo gol para definir o triunfo dos cariocas, após aplicar um chapéu no goleiro Rafael.
Com a vitória fora de casa, os botafoguenses chegaram à terceira colocação, com 34 pontos, levando a melhor no saldo de gols sobre o Cruzeiro, quarto colocado. Já o Peixe cai para a quinta posição, com 31 pontos ganhos, com uma vitória a mais sobre o Internacional.
Na próxima rodada, os santistas visitam o Ceará, domingo, às 18h30 (horário de Brasília), no Castelão. Enquanto isso, os cariocas enfrentam o São Paulo, também no domingo, só que às 16 horas, no Engenhão.
O jogo - O Santos começou o jogo pressionando o adversário e criando boas chances de gol. A primeira, aos quatro minutos, com Neymar. O atacante fez boa jogada individual, tirou a marcação e bateu para o gol. Atento, o goleiro do Botafogo, Jefferson, espalmou a bola pela linha de fundo.

No minuto seguinte, Jefferson brilhou novamente. Neymar cruzou da direita, a bola sobrou para Durval que, um pouco a frente da marca do pênalti, soltou a bomba para uma grande defesa do arqueiro carioca.

Aos 26, os santistas voltaram a assustar Jefferson. Dessa vez, Keirrison lançou Alex Sandro em boas condições de fazer o gol. O lateral esquerdo avançou, mas na hora da finalização, mandou a bola por cima do gol botafoguense.

Com 27, foi a vez de Danilo ter mais uma oportunidade. O jogador - que é lateral direito de origem, mas vem atuando como segundo volante da equipe - recebeu bom passe e contou com a ajuda de Keirrison, que chamou a atenção da zaga do Glorioso, para tirar a zaga do lance, só que na hora do arremate, pegou mal na bola, desperdiçando mais uma chance para o Peixe.
Pressionado durante a maior parte do primeiro tempo, o Botafogo melhorou a sua postura nos minutos finais antes do intervalo, e também assustou o gol do time da Vila Belmiro. Aos 36, Maicosuel fez bom lance individual, tocou para Renato Cajá, que encontrou o lateral Alessandro livre na direita. Ousado, Rafael saiu com os pés praticamente em cima de Alessandro, evitando o gol dos visitantes.

Antes do fim da primeira etapa, ainda deu tempo de Neymar exigir mais uma boa intervenção de Rafael. Aos 43, o camisa 11 do Alvinegro Praiano gingou para cima do seu marcador, clareou o lance para o chute, mas Jefferson espalmou de mão trocada, garantindo o 0 a 0 no intervalo.

Na volta para o segundo tempo, o técnico Dorival Júnior resolveu colocar mais velocidade na sua equipe, trocando o meia Marquinhos por Madson e o centroavante Keirrison por Zé Eduardo.

E as modificações quase que surtiram efeito imediato quando com um minuto da etapa complementar. Madson lançou Zezinho, que rolou para o meio da áreas, buscando Zé Eduardo. O atacante tocou para o gol, porém, Jefferson mais uma vez fez grande defesa, impedindo o primeiro gol do Santos.

Procurando colocar um time mais ofensivo, Joel Santana respondeu e colocou Caio no lugar de Fahel no Botafogo, aos sete. Só que com muitos erros de passe, o jogo foi avançando sem que houvesse alteração no placar. Aos 19, Joel ainda mexeria de novo no clube da Estrela Solitária, sacando Herrera para a entrada de Edno.

Alguns minutos depois, mais precisamente aos 25, as duas equipes voltaram a fazer substituições em busca da vitória. No Peixe, Zezinho saiu para Breitner entrar em campo. No Bota, Loco Abreu entrou na vaga de Maicosuel.

E os cariocas assustaram aos 30, quando Marcelo Cordeiro evitou a saída de bola pelo lado esquerdo e cruzou na área para Loco Abreu. O centroavante uruguaio subiu mais alto que a zaga santista, tocando de cabeça ao lado direito do gol defendido por Rafael.

Os santistas não deixaram por menos e aos 37, quase chegaram ao gol. Madson tocou para Neymar, que bateu na saída de Jefferson. O goleiro botafoguense fechou bem o ângulo e desviou a bola, que foi cortada pela zaga de sua equipe, antes da chegada de Breitner.

Já nos minutos finais, aos 44, os botafoguenses conseguiram a vitória. Caio levantou a bola para Edno, que ajeitou de cabeça para Loco Abreu dar um chapéu em Rafael e estufar as redes do Alvinegro Praiano, que ainda tentou pressionar através de bolas paradas, mas não teve tempo para reagir.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Motorista registrou a travessia de uma jiboia na avenida Ayrton Senna, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. FORA DO HABITAT
VÍDEO: motorista flagra jiboia cruzando pista de avenida no RJ: 'olha isso'
Só queria que me entendessem sem preconceito! PRECONCEITO
Jovem é expulso de casa ao assumir namoro com mulher trans
Yan e um comparsa renderam mãe e filha na rua CRIMINOSO
Bandido morto pela PM arrancou família de carro e agrediu mulher uma semana antes
O diesel não sofreu reajuste. + ALTA
Gasolina sobe 4% nas refinarias, anuncia Petrobras
O total de mortes causadas por covid-19 chega a 138.108, um acréscimo de 0,6% sobre a soma de segunda Saúde
Covid-19: Brasil tem 33,5 mil novos casos e 836 mortes em 24 horas
HERANÇA PORTUGUESA
A herança portuguesa na vida cotidiana do Brasil
Os beneficiários nascidos em janeiro  3,9 milhões de pessoas  poderão sacar AJUDA FINANCEIRA
Caixa paga nova parcela do auxílio emergencial para 5,6 milhões de pessoas
o maior programa de assistência aos mais pobres no Brasil e talvez um dos maiores do mundo PRESIDENTE NA ONU
Bolsonaro diz que brasileiros receberam mil dólares de auxílio
Imagem: Reprodução/Balanço Geral Londrina FUGA EM MASSA
Presos fogem de cadeia após surto de Covid-19
Material estava dentro de uma bexiga e enrolado com fita isolante PROFUNDEZAS DO CRIME
8 celulares e outros materiais são retirados do ânus de preso