Menu
SADER_FULL
sábado, 26 de setembro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ZANZI
Brasil

No Beira-Rio, São Paulo disputa seu "jogo do ano" pela Libertadores

28 Jul 2010 - 15h29Por Folha Online

"Finalmente chegou a hora que tanto esperávamos."

"Não tem mais como adiar. Agora, ou fazemos acontecer ou dançamos."

As frases, ditas pelo zagueiro Xandão e pelo goleiro Rogério nesta semana, comprovam que, para os são-paulinos, o esperado "jogo do ano" finalmente chegou.

Em um ano em que o São Paulo se destacou menos por seus feitos em campo e mais por disputas políticas, como o imbróglio envolvendo o Morumbi na Copa de 2014, o duelo desta quarta-feira, às 21h50, contra o Internacional, pelas semifinais da Libertadores, tem como maior efeito fazer com que o futebol volte a ser protagonista no clube.

Os 90 minutos do confronto de hoje à noite, no lotado Beira-Rio, reeditam a final da Libertadores de 2006, vencida pelo time gaúcho, e tornam-se ainda mais importantes devido ao mau momento da equipe de Ricardo Gomes após a retomada do Campeonato Brasileiro.

Foram três derrotas e um empate nas quatro últimas partidas --um ponto conquistado em 12 possíveis.

A justificativa para o fracasso são-paulino no segundo semestre foi uma só: o foco dos jogadores estava somente na Libertadores-2010.

"Há muito tempo nossa cabeça está voltada para este jogo", disse Ricardo Gomes.

Mais precisamente, desde o fim da noite de 19 de maio, quando o São Paulo confirmou sua passagem para a semifinal da Libertadores com uma vitória por 2 a 0 sobre o Cruzeiro, no Morumbi.

E, se não repetir o sucesso contra os gaúchos, hoje e no dia 5, na partida de volta, no Morumbi, o São Paulo deverá sofrer mudanças profundas.

Ricardo Gomes, contestado por parte da torcida e da diretoria são-paulina, não deverá permanecer em caso de fracasso na Libertadores.

Na semana passada, rumores de demissão rondaram o técnico depois do empate em 1 a 1 contra o Grêmio Prudente, pelo Brasileiro.

O elenco também deverá sofrer modificações. O fim da Libertadores deve significar também a despedida dos principais jogadores do clube, como Miranda, Hernanes e Dagoberto, que esperam propostas de clubes do exterior durante a janela europeia de transferências.

Por outro lado, uma vitória são-paulina diante do Internacional, rival considerado favorito inclusive pelos jogadores do time paulista, significaria a vitória do "planejamento" pregado pelos atletas e por Ricardo Gomes.

"É a hora de mostrarmos que o nosso trabalho foi benfeito e mostrar nosso melhor futebol", declarou Xandão.

NA TV
Inter x São Paulo
21h50
Globo, Sportv e BandSports

Deixe seu Comentário

Leia Também

Motorista registrou a travessia de uma jiboia na avenida Ayrton Senna, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. FORA DO HABITAT
VÍDEO: motorista flagra jiboia cruzando pista de avenida no RJ: 'olha isso'
Só queria que me entendessem sem preconceito! PRECONCEITO
Jovem é expulso de casa ao assumir namoro com mulher trans
Yan e um comparsa renderam mãe e filha na rua CRIMINOSO
Bandido morto pela PM arrancou família de carro e agrediu mulher uma semana antes
O diesel não sofreu reajuste. + ALTA
Gasolina sobe 4% nas refinarias, anuncia Petrobras
O total de mortes causadas por covid-19 chega a 138.108, um acréscimo de 0,6% sobre a soma de segunda Saúde
Covid-19: Brasil tem 33,5 mil novos casos e 836 mortes em 24 horas
HERANÇA PORTUGUESA
A herança portuguesa na vida cotidiana do Brasil
Os beneficiários nascidos em janeiro  3,9 milhões de pessoas  poderão sacar AJUDA FINANCEIRA
Caixa paga nova parcela do auxílio emergencial para 5,6 milhões de pessoas
o maior programa de assistência aos mais pobres no Brasil e talvez um dos maiores do mundo PRESIDENTE NA ONU
Bolsonaro diz que brasileiros receberam mil dólares de auxílio
Imagem: Reprodução/Balanço Geral Londrina FUGA EM MASSA
Presos fogem de cadeia após surto de Covid-19
Material estava dentro de uma bexiga e enrolado com fita isolante PROFUNDEZAS DO CRIME
8 celulares e outros materiais são retirados do ânus de preso