Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 12 de maio de 2021
Busca
Brasil

Neves acusa governo de descaso e Rigo defende governador

8 Set 2004 - 13h39
O deputado Waldir Neves (PSDB) usou a tribuna hoje, durante a sessão plenária, para falar sobre o “descaso” do governo com o Poder Legislativo. Ele mencionou a ausência de representantes do governo na audiência pública sobre o Festival América do Sul, realizada na semana passada. Outro assunto exposto pelo deputado foi a má condição das estradas do Estado. Neves disse que o Fundersul (Fundo para o Desenvolvimento do Sistema Rodoviário de Mato Grosso do Sul) foi criado para recuperar as estradas e que elas estão em péssimas condições. O deputado Ary Rigo (PDT) defendeu o governo e disse que as estradas estão sendo revitalizadas, que há um programa para recuperação delas e que as máquinas já estão trabalhando. Sobre a ausência de representantes do governo na audiência pública Rigo afirmou que “o governador enviará todos os esclarecimentos pedidos, só que não vai entrar no jogo político que foi a Audiência, marcada com apenas três dias de antecedência”.
 
 
 
Assembléia Legislativa

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRISTEZA NA FAMILIA
Seis pessoas da mesma familia morrem vítimas da Covid-19
NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada
TERROR NA CRECHE
Sob forte emoção moradores de Saudades realizam velório coletivo das vítimas do ataque à creche
CHEGANDO FORTE
Frio chega com força e provoca geada no Sul
TERROR EM CRECHE
Jovem invade escola e mata três crianças e duas funcionárias