Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 13 de abril de 2021
SADER_FULL
Busca
Brasil

Nasce primeiro bebê após transplante de ovário congelado

24 Set 2004 - 08h01
O nascimento de um bebê após um transplante de tecidos de ovário conservados congelados em uma mulher que passou por uma quimioterapia foi anunciado por especialistas belgas em um artigo da revista médica britânica "The Lancet", divulgado na internet nesta sexta-feira.

A mãe, uma belga de 32 anos, deu à luz a uma menina de 3,72 quilos, que passa bem, às 19h05 de quinta-feira, em Bruxelas, informa a revista.

"É o primeiro caso de nascimento com vida após um bem-sucedido transplante de um fragmento de ovário tirado da paciente e depois congelado, antes do início da quimioterapia, segundo um procedimento denominado autotransplante ortotópico (na cavidade pélvica) de tecidos de ovário criopreservados", acrescenta o texto.

De acordo com seu principal autor, o professor Jacques Donnez, da Universidade Católica de Lovaina, este resultado "abre novas perspectivas para as mulheres que enfrentam uma insuficiência ovariana precoce ou menopausa precoce, produto de uma quimioterapia ou radioterapia, que anula qualquer possibilidade de gravidez".

"A crioconservação deverá ser proposta a todas as mulheres jovens que receberem um diagnóstico de câncer, junto com as outras opções existentes para preservar sua fertilidade (maturação in vitro de ovócitos imaturos, congelamento do embrião etc)", acrescenta.

Graças ao procedimento, a mulher pôde ter seu bebê sete anos depois que seus tecidos ovarianos foram congelados, antes do início de seu tratamento contra a doença de Hodgkin (uma variedade de linfoma).

Com isso, apesar de a terapia tê-la deixado estéril, a jovem voltou a menstruar e ovular, cinco meses após o transplante, e ficou grávida por fecundação natural 11 meses depois.

Em março de 2004, especialistas americanos disseram na "The Lancet" ter realizado um experimento similar com uma mulher de 30 anos, que ficou estéril após uma quimioterapia para curar um câncer de mama. Após recorrer à fertilização in vitro e a um implante de embrião, a gravidez não aconteceu.

Tanto a quimioterapia quanto a radioterapia podem alterar a fertilidade dos pacientes cancerosos, homens e mulheres.
 
Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

DESESPERADOR
Covid-19: Brasil registra 3.808 mortes em 24 horas
EXEMPLAR
Cidade modelo que vacinou 64% da população vê casos de covid-19 caírem 78%.
NOVO CÓDIGO DE TRANSITO
Novo Código de Trânsito entra em vigor na segunda-feira; veja mudanças
LOCKDOWN É A SOLUÇÃO?
Araraquara X Bauru: dois retratos do Brasil com e sem lockdown contra a covid-19
AGRICULTURA SUSTENTAVEL NO MUNDO
II Congresso Mundial de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta deve receber 1 mil inscrições
MORTANDADE
Brasil bate marca de 4 mil mortes por Covid registradas em um dia pela 1ª vez
COPA LIBERTADORES
Santos vence o San Lorenzo na Argentina e abre vantagem por vaga nos grupos da Libertadores
FATALIDADE
Técnico de informática morre após levar choque a partir de fone de ouvido
CANALHA
Pai comete estupro e diz que filha precisa saber "como é ter um homem"
SOB INVESTIGAÇÃO
Cantor gospel e pastor é encontrado morto e amarrado em árvore