Menu
SADER_FULL
quinta, 9 de abril de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Não cumprimento de LRF pode resultar em prisão ou cassação

7 Jul 2004 - 08h10

O não cumprimento da LRF (Lei de Responsabilidade Fiscal) por parte das prefeituras do Estado é também uma espécie de lei penal paralela, que pode causar a prisão ou mesmo a cassação do responsável pelo município. Pelo menos é o que garante o presidente do TCE (Tribunal de Contas do Estado), José Anselmo dos Santos, que durante entrevista ao programa Bom Dia MS, da TV Morena, falou sobre o assunto.

De acordo com ele, o período de carência e tolerância para os prefeitos já passou e depois de quatro anos de implantação da lei não há como fazer nenhum tipo de protelação. O presidente explicou ainda que o TCE já percorreu 64 municípios do Mato Grosso do Sul com encontros regionais para repassar aos prefeitos e dirigentes municipais como a LRF deve ser seguida e, segundo ele, a meta é atingir 100% do Estado este ano “para que ninguém alegue ignorância”.

Em vigor desde maio do ano 2000, a LRF prevê que nenhum prefeito pode deixar dívidas para o sucessor sem que haja verba em caixa para efetuar o pagamento. Mesmo os salários de servidores do mês de dezembro deverão estar em dia em janeiro.

Além disso, a partir do dia 30 de abril é necessário que os dirigentes municipais comecem a traçar um plano de controle para manter o padrão de rotina das contas. Novas obras que não serão concluídas no mesmo mandato não poderão ser começadas.

Fica proibida também a movimentação de funcionários, como contratações ou exonerações. Todos os meses as prefeituras são obrigadas a repassar para o TCE um balancete sobre as contas do mês e, ao término do mandato, um balanço geral. Conforme explicações de José Anselmo, a medida é para “evitar heranças problemáticas”.

Hoje, a partir das 14h30, os prefeitos de municípios do Estado devem participar do lançamento da cartilha “Contas públicas em final de mandato”, dirigida especialmente para os prefeitos e agentes públicos que estão encerrando o mandato este ano. Está divida em 13 capítulos e trata de assuntos como a LRF “Obrigação de Despesas” entre outros.

 

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

PANDEMIA
Governo isenta consumidores de baixa renda do pagamento da conta de luz
CORONAVÍRUS NO MS
Sistema Drive-thru de testes para coronavírus começa em MS
PANDEMIA
Pagamento das parcelas do FCO empresarial está suspenso até dezembro de 2020
720 MORTOS
Casos de coronavírus no Brasil em 8 de abril
BENEFICIO DO GOVERNO
Caixa registra 22 milhões cadastros para auxílio emergencial
AUXILIO EMERGENCIAL
Calendário auxílio emergencial: confira as datas do pagamento das três parcelas
INVESTIMENTOS EM DOURADOS
Como investidores douradenses podem proteger seu capital em todos os períodos
SAQUE FGTS
Governo acaba com Pis Pasep e libera saque de mais R$ 1.045 de contas ativas e inativas do FGTS
CORONAVÍRUS NO MS
Mais 3 novos casos positivos para COVID-19 é confirmado em cidade de MS
CORONAVÍRUS EM SP
SP tem número recorde de mortes por coronavírus em um dia, Veja dados desta terça-feira