Menu
SADER_FULL
quinta, 28 de maio de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Nair Bello reconhece familiares e pronuncia algumas palavras

22 Mar 2007 - 17h25
Nair Bello, 75, tem momentos de consciência, reconhece os familiares e já pronuncia algumas palavras.

Folha Imagem
Nair teve parada cardiorrespiratória; confira a galeria de imagens da atriz
Nair teve parada cardiorrespiratória; confira a galeria de imagens da atriz
Segundo o boletim médico divulgado nesta quinta-feira, em alguns períodos, a atriz também acompanha a programação da TV e folheia revistas.

Nair Bello encontra-se em processo de reabilitação na Unidade de Cuidados Semi-Intensivos do Hospital Sírio-Libanês.

A atriz está internada desde o dia 11 de novembro, quando sofreu três paradas cardíacas.

Um mês antes de sofrer a parada cardíaca, Nair havia retirado um tumor maligno de um dos seios. Em 2002, a atriz, fumante por mais de 60 anos, se viu com um edema pulmonar agudo e teve de passar por uma cirurgia. Depois do susto, deixou de fumar.

O próximo boletim médico está previsto para ser liberado no próximo dia 30 de março.

Carreira

Nascida na capital paulista em 28 de abril de 1931, Nair Bello Souza Francisco começou sua vida profissional na extinta rádio Excelsior em 1949. Tinha então 18 anos. Trabalhou também na rádio Record, mas sua carreira não se limitaria ao trabalho de locutora e atriz comediante de rádio.

Dois anos depois de seu início, estreou no cinema em "Liana, a Pecadora" (1951), filme em que contracenou com a grande amiga Hebe Camargo. O teatro conheceria Nair anos mais tarde, em 1976, em "Alegro Desbum", peça de Oduvaldo Vianna Filho.

Mas o sucesso veio mesmo com a TV. Nair começou como garota-propaganda e participou de diversas novelas e minisséries. Um de seus personagens de destaque foi o de Dona Santa, na minissérie homônima exibida pela Band em 1982.

Na Globo, sempre interpretou personagens de humor, como Dona Gema ("Perigosas Peruas", 1992), Carlotinha ("Torre de Babel", 1998), Pierina ("Uga Uga", 2000), Dolores ("Kubanacan", 2003) e a viúva Lake ("Bang Bang", 2006). A atriz participou ainda de "Vira-Lata" (1996) e "O Mapa da Mina" (1993), entre outras novelas.

Antes de ser internada, Nair interpretava Dona Santinha no humorístico "Zorra Total", da Globo. A atriz estava escalada para a novela das sete da Globo, "Pé na Jaca". Devido a seu estado de saúde, foi substituída por Arlete Salles.
 
 
Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

MORTES CONTINUAM
Brasil é o 2º país no mundo com infectados com o coronavirus
FRAUDE
URGENTE! 160 mil possíveis FRAUDES no auxílio emergencial de R$600
COVID-19
URGENTE! Zezé Di Camargo e Luciano testam positivo para a Covid-19
BONITO - MS - COVID-19
Pandemia faz empresas demitirem 29% dos funcionários do setor de turismo de Bonito (MS)
VITIMA DA COVID 19
'Mãe' de Jojo Todynho morre de Covid-19
FÁTIMA DO SUL - O BOTICÁRIO
Dia dos Namorados é no O Boticário, confira o catálogo digital, entrega em casa em Fátima do Sul
COVID-19
Dois integrantes da banda de Zezé Di Camargo e Luciano testam positivo para coronavírus
FEMINICIDIO
Filha de 12 anos faz homenagem para vítima de feminicídio: 'te amarei para sempre'
ELEIÇÕES 2020
Líderes municipalistas confirmam inviabilidade das eleições 2020
INACREDITÁVEL
Cadeirante mudo assalta joalheria com arma nos pés; assista ao vídeo