Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 6 de julho de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Nadadora brasileira é eliminada, mas bate recorde

16 Ago 2004 - 15h10
A caçula da equipe brasileira de natação, Joana Maranhão de 17 anos, ficou em décimo primeiro lugar na colocação geral dos 200m medley, resultado que não garantiu a permanência dela no torneio. Entretanto, a nadadora superou a sua maior rival, a argentina Georgina Bardach, e bateu o novo recorde sul-americano na prova 2min15s43. A marca anterior era de Georgina.
A ucraniana Yana Klochkova foi a primeira colocada no geral e é a favorita para levar o ouro. Outras fortes candidatas a compor o pódio são as norte-americanas Amanda Beard e Katie Hoff.
A pernambucana Joana Maranhão estreou esse ano em Olimpíadas e, apesar de deixar Atenas sem nenhuma medalha no peito, traz pra casa dois recordes, o brasileiro nos 400m medley e o sul-americano nos 200m medley.
 
 
 
Campo Grande News

Deixe seu Comentário

Leia Também

PRESIDENTE NA LINHA
Bolsonaro está com sintomas de covid-19 e aguarda resultado de exame
CICLONE BOMBA
Efeitos do Ciclone: mais de 12 mil residências ainda estão sem energia elétrica
LIVE
Mulher de Porchat não foi a única: veja outros casos de nudez em lives
ECONOMIA
Nova gasolina a partir de agosto; combustível será mais caro, mas deixará veículos mais econômicos
SOS EDUCAÇÃO
Sem computador e sem dinheiro, alunos de baixa renda desistem do Enem
ENTREVISTA NO SBT
Roberto Cabrini traz entrevista exclusiva com Frederick Wassef nesta segunda
100 AULAS
Ensino Público vive "apagão" na pandemia com alunos sem acesso às aulas on-line
BRASIL - 64.909 MORTES
País soma 1.604.683 casos confirmados de Covid-19 e 64.909 mortes pela doença.
VACINA CONTRA COVID-19
Dose da vacina contra a Covid-19 poderá custar R$ 22
APLICATIVO - TECNOLOGIA
Como a Binomo Funciona no Modo App Em 130 Países, Inclusive para Residentes Brasileiros