Menu
SADER_FULL
sexta, 18 de junho de 2021
Busca
Brasil

MV Bill participa de conferência e faz show à noite em Dourados

12 Nov 2009 - 08h29Por Fátima News, com Assessoria

A Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) traz para Dourados nesta quinta-feira (12), para uma conferência e um show, o rapper MV Bill, integrante da Central Única das Favelas (CUFA), do Rio de Janeiro.

A participação de MV Bill será durante o III Seminário de Assuntos Estudantis da UFGD onde estão sendo discutidos temas como a Universidade e a Sociedade: espaços, ações e direções e a construção de concepções, práticas e imaginários que aprofundam as relações entre a universidade e a sociedade periférica, entendida como aquela que se situa social, econômica e culturalmente mais distante do espaço universitário.

MV Bill participará da última conferência do evento, com o tema Sociedade e Universidade: quais espaços, ações e direções?, e na oportunidade lançará o livro: Falcão, mulheres do tráfico. Essa conferência acontecerá às 14h30, no anfiteatro da Unidade 1 da UFGD (antigo Ceud). E às 19h30, o rapper fará um show na praça Antônio João, com participação do grupo Fase Terminal, um dos cinco finalistas do Rap Popular Brasil Festival (RPB Festival), que aconteceu em outubro no Rio de Janeiro.

 

Saiba quem é MV Bill

 

Nascido na Cidade de Deus, no Rio de Janeiro, Alex Ebinaldo Barbosa é um cantor de rap brasileiro. Como músico, participou da coletânea Tiro Inicial, que revelou novos talentos do rap brasileiro tais como Gabriel, o Pensador, em 1993, ainda como integrante de um grupo.

 

Antes de se decidir pelo rap, Bill chegou a cantar um samba-enredo composto por seu pai na quadra de uma escola de samba. Mais tarde adotou a alcunha de MV (Mensageiro da Verdade) Bill.

 

Com letras marcadas pela denúncia social, lançou em 1998 o disco CDD Mandando Fechado pelo selo Zâmbia, relançado pela Natasha Records/BMG um ano depois com o título Traficando Informação. Ainda em 1999, participou do Free Jazz Festival, evento praticamente sem tradição com artistas de rap brasileiro da periferia, sem apoio da grande mídia. Em 2001, ganhou o prêmio de Melhor Videoclipe de Rap por Soldado do Morro no Video Music Brasil. No ano seguinte, lançou o álbum Declaração de Guerra.

 

Ele é o autor, junto com Celso Athayde, do famoso livro e documentário Falcão - Meninos do Tráfico. O documentário é o mais famoso de sua carreira. Ele conta a história de dezessete meninos envolvidos com o tráfico de drogas e suas vidas em diversas favelas; dos dezessete, apenas um sobreviveu. O sucesso do livro resultou no álbum Falcão, O Bagulho é Doido lançado em 2006.

 

 

Como escritor, é autor também do livro Cabeça de Porco, lançado em 2005 e co-escrito por Celso Athayde e Luiz Eduardo Soares.

 

MV Bill também foi um dos fundadores da Central Única de Favelas, a CUFA, que é responsável por várias atividades sócio-educativas realizadas em várias favelas, entre elas a Liga Brasileira de Basquete de Rua.

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

LUTO NA MÚSICA
Cantora gospel que defendia tratamento precoce morre de Covid-19 após ter os pulmões comprometidos
VIDEO
Cliente carrega mangueira sem perceber e bomba pega fogo em posto de combustível de Foz do Iguaçu
AÇÕES DO GOVERNO MS
Reinaldo Azambuja propõe projeto com Itaipu para combater assoreamento nos rios Iguatemi e Amambai
COPA X VIRUS
'Desse jeito, o vírus vai levantar a taça', diz deputado após 52 infectados na Copa América
FAMOSIDADES
Apresentador mostra fotos de viagens românticas com filha de Faustão e se declara
SEIS DIAS DE TERROR
Homem mata uma família e aterroriza moradores em seis dias de fuga deixando rastros de crimes
TRISTEZA E COMOÇÃO
Jovem engenheiro morre em acidente com moto e comove cidade
MUI AMIGO
Homem obriga mulher de amigo a fazer sexo oral e leva surra em delegacia
DOENÇA DO SÉCULO
Homem de 33 anos deixa carta de despedida e tenta pular de ponte
ABSURDO
Família registra boletim de ocorrência após vitima de covid ser sepultado em cemitério errado