Menu
SADER_FULL
domingo, 24 de outubro de 2021
Busca
Brasil

Mutuário terá de pagar mais para financiar imóvel usado

19 Ago 2006 - 07h27
 

Quem pretende comprar imóvel usado pela Caixa Econômica Federal vai ter que gastar mais na hora de fazer o financiamento pela linha de crédito com recursos do FGTS. O banco baixou o percentual de empréstimo nesta modalidade, de 90% para 80% do valor do imóvel prática isto significa que o mutuário, que antes precisava ter disponível R$ 10 mil como entrada para financiar um  imóvel de R$ 100 mil, agora terá que desembolsar R$ 20 mil.

A medida será oficializada na próxima reunião do Conselho Curador do FGTS, programada para o dia 29, mas as agências da Caixa já adotam o novo percentual de financiamento. O banco informou que a redução do valor financiado ocorreu por causa da demanda cada vez maior por esta modalidade de crédito habitacional.

Os juros deste financiamento na Caixa variam de 6% a 8,16% ao ano, de acordo com a renda do comprador. O prazo para financiamento é de, no máximo, 20 anos.

Quanto custa
Para uma família com renda de R$ 2,5 mil que pretende financiar uma casa usada de R$ 70 mil, a Caixa financia R$ 56 mil, que podem ser pagos em parcelas de R$ 678,11. Porém, é necessário dar de entrada R$ 14 mil, de acordo com a nova regra para a carta de crédito FGTS-Individual. O banco não permite que o valor da prestação da casa própria seja superior a 30% da renda.

- A redução do percentual de financiamento já havia sido discutida na última reunião do Conselho Curador em julho, e tem como objetivo adequar esta modalidade de crédito ao orçamento do banco - afirma Maria Henriqueta Arantes Teixeira Alves, representante da Confederação Nacional da Indústria (CNI) no Conselho Curador do FGTS.

Ela lembra, porém, que o financiamento menor não será adotado para todas as modalidades de empréstimo habitacional da Caixa.

- As linhas de financiamento para imóveis novos não serão mexidas porque o setor imobiliário é um dos grandes geradores de empregos - explica Henriqueta.

Para o vice-presidente da Associação Nacional dos Executivos de Finanças (Anefac), Miguel de Oliveira, o mutuário com renda menor será mais penalizado porque terá que desembolsar uma quantia maior na hora de pedir o financiamento do imóvel no banco.

- O comprometimento financeiro logo no início da compra da casa será maior, mas ao mesmo tempo a Caixa terá recursos disponíveis que poderá emprestar para uma quantidade maior de clientes”, diz o economista da Anefac.

Outros bancos
Nos bancos privados, o limite máximo para financiar o imóvel usado varia, em média, de 70% (Real e Santander) a 80% (Bradesco e Itaú). Pelo Sistema Financeiro da Habitação (SFH), o valor máximo do imó-vel a ser financeiro deve ser de R$ 350 mil.

 

 

TV Morena


Leia Também

LIÇÕES DA BÍBLIA
Circuncidem seu coração
OLIMPÍADA 2024
Atletas de MS terão bolsas de até R$ 7 mil para competir nos jogos olímpicos
LIÇÕES DA BÍBLIA
Estudo adicional
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: Brasil registra 15.609 casos e 373 mortes em 24 horas
ESTAVA DESAPARECIDO
Corpo de pescador é encontrado dentro de jacaré
LIÇÕES DA BÍBLIA
O principal mandamento
BAIXARAM A GUARDA
Covid-19: Brasil registra 390 mortes e 12,9 mil casos em 24 horas
LIÇÕES DA BÍBLIA
Se me amam, guardarão os Meus mandamentos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Funtrab está com 655 vagas para indígenas interessados em trabalhar em lavouras de maçã em SC e RS
ALERTA TEMPORAIS
Chance de Tempestades (La Ninã) no final do ano é de 87%, aponta atualização do NOAA