Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 1 de dezembro de 2021
SADER_FULL
Busca
Brasil

Murilo garante empenho do governo para escoamento da safra

14 Jan 2010 - 13h58Por MS Notícias

O governador em exercício, Murilo Zauith, afirmou hoje (14) ter a certeza de que o escoamento da safra agrícola 2009/2010 vai acontecer em condições normais. Em reunião com produtores rurais, prefeitos e vereadores do Bolsão, Murilo e o secretário de Obras Públicas e de Transportes, Edson Giroto, anunciaram que haverá um atendimento diferenciado nesse período, para atacar os pontos críticos indicados pelo setor produtivo.

O governo está determinado a fazer com que as ações de recuperação cheguem a tempo, no momento em que realmente o produtor precisa transportar a produção. Em Chapadão do Sul, algumas dificuldades já detectadas e apresentadas durante o encontro vão ser alvo de ações imediatas da Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos (Agesul).

Para subsidiar a operação safra, as agências regionais da Agesul estarão abertas ininterruptamente, inclusive aos fins de semana para receber as demandas. O contato mais próximo com os agricultores visa otimizar o trabalho de recuperação, identificando pontos críticos. Tanto os produtores, quanto o secretário Giroto, afirmam que, muitas vezes, trechos curtos de atoleiros aparecem em meio a grandes trajetos em condições regulares. O conhecimento dessas situações, no momento em que acontecem, vai ajudar na correção mais rápida, colocando a estrada em condições transitáveis, conforme o secretário.

A reunião de trabalho, no Sindicato Rural de Chapadão do Sul, teve a presença de cerca de 60 produtores e dos prefeitos Jocelito Krug (Chapadão do Sul); Getúlio Furtado Barbosa (Figueirão); Antônio Ângelo dos Santos (Inocência); do vice-prefeito de Costa Rica, Waldomiro Bocalan, e de representantes de Paraíso e do Patrimônio de Pontinha do Coxo.

No encontro, os produtores já apontaram algumas localidades que consideram mais preocupantes por já estarem sofrendo os efeitos das chuvas constantes. “Graças a Deus que choveu. Na região Sul, no ano passado, por exemplo, não choveu. Não recebemos reclamações, mas a produção foi perdida. Se agora estão aparecendo os problemas é porque as chuvas vieram para garantir a produção”, lembrou Giroto. “Nesta safra, vamos ter uma das maiores produções, e o governo veio se colocar à disposição”, completou, anunciando que telefones dele próprio e dos principais coordenadores do setor viário também estão disponíveis para os produtores e prefeitos. Informações repassadas pelos participantes da reunião ao secretário de Obras já vão ser alvo de providências. Assim como nos casos relatados, Giroto lembrou que outras situações pontuais detectadas por quem vive o dia-a-dia da lavoura podem ser corrigidas com rapidez, quando levadas à Agesul.

A região de Chapadão do Sul é forte produtora de grãos, algodão e bovinos, principalmente. O prefeito Jocelito Krug pediu que os produtores sejam parceiros do governo e da prefeitura, principalmente na oferta de cascalho disponível nas propriedades. Krug destacou que essa parceria agiliza a recuperação, porque nem sempre há o insumo para adquirir fora, além da compra e transporte até o local encarecerem os trabalhos. “Precisamos atuar todos juntos, com planejamento e com bom gerenciamento”, disse.

A interlocução proporcionada pelo governo é uma oportunidade ímpar para os produtores apresentarem reivindicações e preocupações que surgem nesse período de colheita de safra, na avaliação do presidente do Sindicato Rural de Chapadão do Sul, Rudimar Borgelt.

Murilo e Giroto confirmaram essa oportunidade, ao dar encaminhamento a demandas emergenciais já mostradas pelos produtores. Um dos casos é na MS-324 B, no trecho que vai da BR-060 ao distrito de Pouso Alto. Outra situação crítica envolve a MS-436, em direção à Pontinha do Coxo, próximo do km 58. “São locais onde serão feitos serviços como drenagem, encascalhamento”, cita Giroto.

Estão nessa lista prioritária também a MS-306, na localidade de Capela, que está comprometida, e a MS-324 B, com um ponto de água cortando e prejudicando a estrada. No primeiro caso, vai ser feita uma regularização do leito da via com uso de pedras, e no segundo, serão instaladas duas linhas de bueiro.

Leia Também

DOENTIO
Mulher descongela geladeira e encontra corpo de bebê escondido em sacola
PONTE BIOCEÂNICA
Ponte Bioceânica vai ganhar nova data de lançamento; Bolsonaro e Marito participam
AÇÕES DO GOVERNO MS
Com estados da região Sul, Azambuja quer integração ferroviária e união para redução de carbono
PIX SAQUE
Pix Saque começa hoje:comércio vê nova ferramenta como chamariz para clientes,mas teme por segurança
TRAGÉDIA NA LINHA DO TREM
vítima comemorou aniversário do marido um dia antes de morrer com a filha em acidente com trem
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil registra 229 óbitos e 9,2 mil novos casos
# PREVENIR É O REMÉDIO
Covid-19: Brasil registra 303 mortes e 12.126 casos em 24 horas
DESESPERO
Vídeo: veja momento em que calçada cede e pessoas caem em rio
PÂNICO NO AEROPORTO
Vídeo mostra passageiros gritando e muito desespero em avião da Azul; veja
EMBOSCADA
Jovem morre após ser atingida por tiro na cabeça