Menu
BANNER IMPRESSORAS
quinta, 11 de agosto de 2022
SADER_FULL
Busca
Brasil

Murilo diz que recuperar áreas atingidas é prioridade para o Governo

9 Nov 2010 - 08h28Por Fátima News com assessoria

Dez municípios de Mato Grosso do Sul que foram atingidos por desastres naturais este ano e tiveram prejuízos receberão recursos do Ministério da Integração Nacional. De acordo com o vice-governador Murilo Zauith, deverão ser liberados cerca de R$ 11 milhões e o trabalho de recuperação será supervisionado pela Coordenadoria Estadual de Defesa Civil.


Segundo o vice-governador a liberação dos recursos foi possível depois que as cidades decretaram situação de emergência, que foi reconhecida pelo Governo do Estado por meio da Defesa Civil, iniciando desta forma as gestões para que os recursos possam checar até as prefeituras.


De acordo com Murilo os prejuízos foram grandes e sem auxílio dos governos estadual e federal os municípios não teriam condições financeiras para a recuperação. “Acompanhei pessoalmente situações com estas e, realmente, os municípios tiveram grandes prejuízos, principalmente com famílias desabrigadas”, afirmou.

 
Serão beneficiados com os recursos Anaurilândia, Bataguassu, Batayporã, Dourados, Navirai, Nova Andradina, Ponta Porã, Santa Rita do Pardo, Selvíria e Três Lagoas. Destes municípios apenas Ponta Porã não decretou estado de emergência, mesmo assim foi anunciada a liberação de recursos para a recuperação de uma ponte. “Este trabalho de recuperação, para nós, sempre foi prioridade”, finalizou Murilo.

Leia Também

AUXÍLIO BRASIL AUXILIO POPULAÇÃO
Auxílio Brasil de R$ 600 e vale-gás saem hoje para mais um grupo
BRASIL + POBRE
Estudo mostra alta da pobreza em regiões metropolitanas
ESTERILIZAÇÃO
Senado aprova redução da idade mínima para realização de laqueadura
ASSUSTADOR
VÍDEO: Tromba d´água é registrada no Litoral e assusta moradores
TEMPESTADE
Temporal derruba teto de UTI covid em hospital e pacientes são transferidos às pressas
COVID NO BRASIL
Brasil registra 365 mortes e 30,2 mil casos de covid-19 em 24 horas
ALIVIO NO BOLSO
Corte de impostos deve resultar em nova queda de preços na conta de energia neste mês
TRAGÉDIA
Criança de 8 anos mata cunhado com tiro na cabeça
AGORA É LEI
STF decide que servidor público não pode receber menos que o salário mínimo
TENTATIVA DE ASSASSINATO
Coroinha é esfaqueado no pescoço durante missa em igreja