Menu
SADER_FULL
sábado, 8 de maio de 2021
Busca
Brasil

Murilo defende ação do governo federal em auxílio aos brasiguaios

12 Ago 2010 - 14h10Por Fátima News

Em entrevista concedida ao programa “Caminhos da Produção”, da Agromix TV, o candidato a senador Murilo Zauith defendeu a intervenção do governo federal como forma de se resolver os problemas enfrentados pelos brasiguaios que estão acampados no município de Itaquiraí. Para ele, a questão tem caráter não apenas social, mas também diplomática, e merece atenção especial por parte do Itamarati.

“Esses brasileiros estão retornando ao Brasil por conta da pressão do governo paraguaio, que estabeleceu limites para que possam investir na produção rural. Praticamente estão sendo expulsos do país vizinho, enfrentando inclusive a pressão por pare dos campesinos”, disse o candidato, ao lembrar que no Brasil os paraguaios são tratados com respeito e que têm os seus direitos assegurados pela legislação.

“No caso dos brasiguaios, o tratamento por parte do governo do Paraguai não é de respeito e é por isso que o problema só será solucionado pelo governo federal, por meio do Itamarati, já que se trata não apenas de uma questão social, mas também diplomática”, observou Murilo. Em função do deslocamento das cerca de 650 famílias para Itaquiraí, o impacto sofrido pelo município é significativo.

“A prefeitura está enfrentando dificuldades para atender as demandas sociais resultantes da instalação dessas famílias no município. São pessoas que necessitam de amparo, de atenção à saúde, de segurança, alimentação e de uma série de outros serviços que a prefeitura não tem condições de prestar”, argumentou.

Segundo Murilo, o governo do Estado vem desenvolvendo ações visando minimizar o sofrimento dessas famílias, mas reafirmou que o problema só será solucionado se a União se envolver diretamente na questão. “Naquilo que é possível, governo do Estado e prefeitura estão trabalhando, mas só o governo federal pode solucionar o problema, em definitivo”, disse ele.

Além de sul-mato-grossenses, integram o grupo denominado brasiguaios famílias do Paraná e de outros Estados. O Programa “Caminhos da Produção” é apresentado pelo presidente da Acrissul, Francisco Maia. Da entrevista com Murilo participou José Felício, advogado e ex-secretário de Fazenda de Mato Grosso do Sul.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada
TERROR NA CRECHE
Sob forte emoção moradores de Saudades realizam velório coletivo das vítimas do ataque à creche
CHEGANDO FORTE
Frio chega com força e provoca geada no Sul
TERROR EM CRECHE
Jovem invade escola e mata três crianças e duas funcionárias
PÉSSIMA PROJEÇÃO
Covid-19: Brasil deve alcançar 575 mil mortes em 1º de agosto, diz instituto
SONHO INTERROMPIDO
Jovem perde noivo para a Covid-19 no dia do casamento: 'Nossos sonhos ficaram para trás'
PANDEMIA CORONAVIRUS
Triste número: Brasil ultrapassa 400 mil mortes por Covid-19
REVOLTA
Pastor zomba da fé dos indígenas Trukás que revoltados quebram templo em construção; veja o vídeo