Menu
SADER_FULL
sábado, 18 de setembro de 2021
Busca
Brasil

Muricy Ramalho sente mais a dispensa de Maurício do que a de Obina

19 Nov 2009 - 13h22Por Globo Esporte

O elenco do Palmeiras tem dois jogadores a menos desde o fim da noite desta quarta-feira. O zagueiro Maurício e o atacante Obina brigaram no campo do Olímpico na derrota de 2 a 0 para o Grêmio e pagaram preço caro. Foram dispensados pelo clube paulista. A diretoria alviverde já avisou que eles não vestem mais a camisa do clube (veja no vídeo ao lado o anúncio feito pelo vice-presidente de futebol Gilberto Cipullo). Caberá ao técnico Muricy Ramalho cobrir o espaço deixado por eles. E o treinador deixa claro que lamenta mais a ausência de Maurício, 21 anos, do que a de Obina, 26. Não por questões técnicas, mas pelo momento que cada um deles vive na carreira.

- É triste, especialmente com o Maurício, que é jovem, começou esse ano. O Obina pode voltar para o Flamengo. O Mauricio é menino – comentou o treinador.

O técnico do Palmeiras não vê o afastamento da dupla como uma perda técnica. Afinal, a briga dos jogadores fatalmente renderá suspensão pelo STJD. Muricy ficou mais chateado pelo efeito psicológico que as ausências dos dois atletas vão causar no elenco.

- Eles com certeza seriam suspensos. Esse não é o problema. O grande problema é que são companheiros. É o lado emocional dos outros atletas. Ninguém quer ver um parceiro mal. Eles vivem disso. Sei o que os jogadores estão sentindo, como eu sinto, como a diretoria sente. Mas quem comanda o clube tem que tomar uma atitude, e nós, que somos funcionários, temos que acatar – afirmou Muricy.

Maurício e Obina foram dispensados logo depois do jogo contra o Grêmio. O zagueiro ainda teve que atravessar o campo do Olímpico para realizar exame antidoping. Ele chorava ao passar pelo gramado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRIBUNAL DO CRIME
Traficantes enterram mulher viva para vingar denúncia
TEMPESTADE
Temporal derruba árvore sobre carros e deixa bairros no escuro
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: ministério registra 34,4 mil casos e 643 mortes em 24 horas
COMOÇÃO E REVOLTA
Menina de 5 anos é morta com tiro na cabeça enquanto caminhava para comprar lanche
CEF de Fátima do Sul OPORTUNIDADE
Caixa abre concurso com salários de mais de R$ 3 mil; confira
QUASE 600 MIL MORTES
Covid-19: mortes sobem para 588,5 mil e casos, para 21,03 milhões
LIÇÕES DA BÍBLIA
Uma rua de mão dupla
LATROCINIO
Dupla invade casa, tranca mulher e crianças em quarto e mata homem degolado
SAQUE EMERGENCIAL
Caixa cria calendário para liberar nova rodada de dinheiro do FGTS
TRAGEDIA AÉREA
Acidente aéreo mata sócio da Raizen e outras seis pessoas