Menu
SADER_FULL
sábado, 25 de setembro de 2021
Busca
Brasil

Muricy não suporta pressão e é demitido; Autuori é sondado

19 Fev 2010 - 05h30Por UOL Esportes

Acabou a era de Muricy Ramalho no Palmeiras. O técnico não suportou a má fase da equipe no início da temporada e foi demitido pela diretoria alviverde nesta quinta-feira. Paulo Autuori já foi sondado pelo clube e aparece como principal nome para substituir o comandante no Palestra Itália.

Para o clássico contra o São Paulo, domingo, no Parque Antarctica, o Palmeiras será comandado interinamente por Parraga, técnico do time B do clube.

Muricy Ramalho apareceu na Academia de Futebol nesta quinta-feira apenas para juntar suas coisas e se despedir dos jogadores. Na conversa com os atletas, o treinador agradeceu pela oportunidade e isentou o elenco de qualquer culpa pela crise do Palmeiras. O técnico deixou o clube ao lado do auxiliar Tata, que sempre o acompanha.

“Agradeço o apoio da torcida que colaborou e sempre me apoiou. Deixo amigos no clube e desejo sorte ao Palmeiras”, disse Muricy Ramalho por meio de sua assessoria de imprensa.

Enquanto isso, o Palmeiras trabalha rapidamente para anunciar seu substituto. Segundo apurou a reportagem do UOL Esporte, Paulo Autuori foi contatado pela diretoria na manhã desta quinta-feira e já recebeu uma proposta com salário inferior ao de Muricy Ramalho, que recebia perto de R$ 500 mil mensais. A expectativa é que o novo treinador seja anunciado até este fim de semana.

Autuori esteve próximo de deixar o Al-Rayyan após reclamar da ingerência da diretoria em seu trabalho. No entanto, o técnico afirmou na semana passada ter mudado de ideia após conversa com os dirigente do Qatar. O contrato de Autuori é válido até 2012.

Contratado no meio do ano passado, Muricy Ramalho chegou ao Palmeiras como principal aposta do clube para conquistar o pentacampeonato brasileiro. Apesar de manter o time na liderança por alguns meses, o técnico não impediu a queda de rendimento da equipe na reta final do torneio e sequer conquistou a vaga na Libertadores.

Ao todo, Muricy Ramalho esteve à frente do Palmeiras em 34 partidas, conquistando 13 vitórias, 11 empates e dez derrotas – aproveitamento de 49% dos pontos disputados.

Na última quarta-feira, Muricy Ramalho chegou a afirmar que não pediria demissão do cargo e que estava confiante em uma reação do Palmeiras no clássico deste domingo contra o São Paulo, mas acabou demitido após reunião da cúpula alviverde mais cedo nesta quinta.

“Eu tenho contrato até o fim do ano. Não sou de largar o time assim. Medo eu só tenho de morrer porque meus filhos ainda não estão criados. Não tenho medo de p... nenhuma”, afirmou Muricy após a goleada sofrida para o São Caetano na última quarta.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ROTA BIOCEÂNICA
Comissão mista homologa consórcio que vai construir ponte da Rota Bioceânica em MS
CASTELO DE AREIA
Idoso casa com prostituta 35 anos mais nova e flagra com outro
DOENÇA DO SÉCULO
Servidor público é encontrado pendurado em árvore
COVID-19
Ministra de Bolsonaro testa positivo para Covid e cancela agenda em Nova Andradina
ASSUSTADOR
Homem encontra boneca na parede com bilhete misterioso: "obrigada por me libertar"
VIDEOS VAZADOS
Torcedora do flamengo esquenta a web com vídeos íntimos
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: Brasil registra em 24 horas 36.473 novos casos e 876 novas mortes
REVOLTANTE
Criança autista vítima de maus tratos é encontrada comendo fezes de cachorro para sobreviver
HOMICIDIO X SUICÍDIO
Marido mata esposa e tira própria vida; criança de 3 anos pede socorro a vizinho
NEGLIGÊNCIA
Criança de 2 anos ao volante mata prima de 3 anos atropelada