Menu
SADER_FULL
segunda, 17 de janeiro de 2022
Busca
Brasil

Municípios pobres receberão atendimento odontológico móvel

8 Out 2009 - 14h59Por Assomasul

O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, disse ontem que o programa Brasil Sorridente irá distribuir 160 unidades móveis odontológicas com os municípios mais pobres de 21 estados.

A medida foi anunciada na abertura do 1º Encontro Nacional de Centros de Especialidades Odontológicas e Equipes de Saúde Bucal da Estratégia Saúde da Familiar, em Brasília.

“As unidades móveis serão doadas para aquelas regiões mais pobres e de difícil acesso, onde nós não temos fisicamente os consultórios odontológicos. As populações carentes vão poder receber a visita de um dentista.”, disse.

O atendimento será realizado por um cirurgião-dentista e um auxiliar de saúde bucal em veículos tipo van. Cada unidade será equipada com um consultório odontológico completo, inclusive com um aparelho de Raio-X.

O investimento do governo federal será de R$ 22 milhões para a compra dos veículos, R$ 560 mil para implantação e R$ 748 mil mensais para o custeio.

Poderão solicitar as unidades móveis os municípios do Programa Territórios da Cidadania do Governo Federal (regiões de baixa renda, principalmente em áreas rurais) que tenham apenas as equipes de saúde da família.

Leia Também

ABUSO SEXUAL
Meninas escutam mãe contando de abuso sexual e fazem relato chocante sobre tio-avô
COVID NO BRASIL
Em 24 horas, foram confirmados pelas autoridades sanitárias 24.934 novos casos de Covid-19
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Jovem morre após ser atingido por avião agrícola pilotado pelo pai
TEMPORAL - VIDEO
Forte chuva derruba árvores e deixa 23 mil pessoas sem energia
COVID NO BRASIL
Em 24 horas, as autoridades de saúde notificaram 175 novos óbitos, totalizando 620.971
TRAGÉDIA
Deslizamento de terra destroi casarão histórico em Ouro Preto MG
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Pai, mãe e três filhas morrem em capotamento de caminhão
BIG BROTHER
Saiba quem foram os ex-BBBs que já morreram; 3 estiveram no BBB9
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil tem 87,4 mil casos e 133 mortes em 24 horas
HOMICIDIO EM SÉRIES
Bandido que comia olhos, orelhas e bebia sangue de vítimas é preso