Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 17 de janeiro de 2021
Busca
Brasil

Mulher suspeita de ex-marido atear fogo em residência na área rural de Deodápolis

16 Mai 2011 - 13h12Por Washington Lima / Fátima News

Foi  na Delegacia da Polícia Civil de Deodápolis, Boletim de Ocorrência onde a pessoa de Claudineia de Souza Santos, de 32 amos, suspeita do ex-marido atear fogo na residência, localizada na 11ª linha, km 2.5, poente, área rural do município de Deodápolis.

Uma guarnição da Polícia Militar foi acionada para atender a ocorrência, onde no local integrantes da Defesa Civil, tentavam conter as chamas que consumiam a residência.

Segundo informações da própria vítima, que se encontrava ausente da residência quando o fato ocorreu, alegando que estava na casa de um conhecido na 15ª linha, quando foi avisada do acontecimento, retornando imediatamente a sua residência, porém, as chamas já haviam consumido por completo a residência, não sendo possível salvar nenhum pertence pessoal e mobília.

A vítima informou que pouco antes de tomar conhecimento da tragédia, havia percebido no visor do seu aparelho de telefone celular, por volta das 16 horas, uma mensagem recebida de um outro telefone celular, desconhecido, cuja mensagem tinha tom ameaçador e teria sido enviada às 13:38 horas, porém só foi lida pela vítima por volta das 16 horas, quando o local em que se encontrava recebeu sinal da torre.

A mensagem enviada a vítima, dizia “oha fala para o danieu e a crautineia nao ir para o sitio eu mamdei madar os dois vc faloü com o es marido dela agora pouco ele esta em cuiaba nao mamdei ela mexer com meu marido segura o menino ai vou temtar evitar mais vai ser difisio pequei seu numero pelo rastreador oseu sogro sei que ele ja esta jurado d morte eu quem vou fazer o serviso quero eles na sidade se nao mato tudo dorm”.

Segundo informou a vítima um cunhado também recebeu a mesma mensagem e do mesmo aparelho de telefone celular, porém, pouco antes do incêndio havia recebido um telefonema pelo telefone celular do seu ex marido, o qual indagava preocupado onde estava a vítima, (sua ex-mulher) e seu filho. Seu cunhado disse que não sabia do paradeiro dela e do filho, logo depois perceberam o incêndio na residência.

Segundo a vítima, pela característica da escrita (ortografia) alega não ter dúvida de ser de seu ex marido, do qual esta separada há mais de um ano e ele não aceita a separação, atormentando-a diariamente caso não reate a convivência. No local foi encontrado um galão de 5 litros, vazio e com odor de combustível (gasolina), além de um pedaço de mangueira de plástico também de cor verde.

O local foi fotografado nas condições em que se encontrava tão logo foi debelado o incêndio.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAIU O EDITAL
Com salário de até R$ 23,6 mil, Polícia Federal abre inscrição em concurso no dia 22
DESESPERO EM MANAUS
Médicos e familiares de pacientes descrevem colapso com falta de oxigênio em Manaus; leia relatos
AUXILIO POPULAÇÃO
Caixa libera saque da última parcela do auxílio emergencial a aniversariantes em julho
HORROR NA NOITE
Crianças são encontradas chorando ao lado de corpos de pais assassinados
DOR E DESCASO
Filho é obrigado abrir cova para enterrar próprio pai por não encontrar coveiro em cemitério
SEUS DIREITOS
Trabalhador afastado por Covid-19 tem direito a auxílio-doença do INSS
COM DESCONTOS
Veja as opções de pagamento do IPVA com desconto
CASA PRÓPRIA
Casa Verde e Amarela substitui Minha Casa Minha Vida com opção para renegociar dívidas e menos juros
FINALISTA LIBERTADORES
Santos atropela Boca Jr e terá o Palmeiras numa final Brasileira
TRAGÉDIA NA PONTE
Motorista morre após caminhão cair de ponte