Menu
SADER_FULL
sexta, 14 de maio de 2021
Busca
Brasil

Mulher, foi quase esquartejada por marido em Maracaju

26 Nov 2004 - 10h05
E contrariando o dia internacional de combate a violência contra a mulher comemorado ontem, um fato chocou Maracaju. Martina Cristaldo Rodrigues, de 25 anos levou várias facadas pelo corpo ontem por volta das 16 horas na rua Dr Hilário, Número,1.180 vila Juquita, o autor da tentativa de homicídio foi seu namorado Manoel João Souza Gomes de 48 anos.

A mulher que teve a cabeça os braços e as duas pernas atingida por um facão de 30cm foi socorrida pelo corpo de Bombeiros e encaminhada ao pronto socorro de Maracaju, que devido a gravidade e profundidade dos cortes foi removida a campo grande. A policia Militar que também atendeu a ocorrência conseguiu prender Manoel em flagrante, o mesmo foi encaminhado a policia Civil.

Segundo o delegado Edmar Batistela, a alegação de Manoel João de Souza para atacar sua amasia foi o de que ela o estaria traindo, após uma discussão ele teria pegado o facão e desferido os golpes em Martina. Edmar Batista, disse também ao Maracajunews , Parece que a causa da tentativa de homicídio foi de crime passional. Manoel, irá responder por tentativa de homicídio.
 
 
Maracaju News

Deixe seu Comentário

Leia Também

SONHO INTERROMPIDO
Agente educacional morta em ataque a creche em Saudades queria fazer intercâmbio no Canadá
PESQUISA PRESIDENCIAL
Datafolha mostra Lula disparado na corrida eleitoral
NOVA INFECÇÃO
Covid-19: após 3 semanas de queda, casos de coronavírus avançam no Brasil puxados por 9 Estados
TRISTEZA NA FAMILIA
Seis pessoas da mesma familia morrem vítimas da Covid-19
NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada