Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 7 de março de 2021
SADER_FULL
Busca
Brasil

Mulher é condenada a 14 anos de prisão por mandar matar homem

27 Mai 2011 - 10h24Por Campo Grande News

Adriana Bastos de Melo foi condenada a 14 anos de prisão em regime fechado em julgamento realizado na última quarta-feira, em Campo Grande. O júri popular reconheceu que ela mandou matar Mauro Batista de Souza em 2005.

O crime aconteceu por volta das 20h20min do dia 4 de julho no cruzamento da avenida Afonso Pena com a rua Vasconcelos Fernandes.

Mauro foi atingido por dois tiros disparados por um adolescente inimputável a mando de Adriana, que comprou a arma e ainda contratou três mototaxistas para levar ela, o autor dos disparos e a irmã dela até o local e também leva-los de lá.

Além deste homicídio, Adriana tem condenação por tráfico de drogas, já transitado em julgado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

100 UTI = OBITO
Ministério da Saúde prevê 3 mil mortes por dia por covid-19 nas próximas duas semanas
TRISTEZA NA FAMILIA
'Não tem UTI,amo vcs':a história por trás do tuíte viral que revela mensagens de mãe morta por covid
DISPARO ACIDENTAL
Assessor em fazenda do cantor Leonardo morre vitima de tiro acidental
VIOLENCIA DOMESTICA
Vítima de violência doméstica escreve bilhete com pedido SOS em agência bancária: 'Ele tá ai fora'
ALERTA AO CPF
Confira se o seu CPF foi usado de maneira IRREGULAR por desconhecidos
VAMOS PREVENIR
Igreja Adventista vota documento com orientações sobre cultos e reuniões
ALERTA AOS JOVENS
O que está por trás da alta das internações de jovens com covid
BRASIL EM PÂNICO
Brasil tem novo recorde de mortes por covid em 24 horas: 1.910
100 TRÉGUA
Brasil registra 1.726 mortes em 24 horas e bate novo recorde na pandemia; total chega a 257,5 mil
EXECUÇÃO NA MADRUGADA
Dona de bar é degolada e corpo encontrado nos fundos do estabelecimento