Menu
SADER_FULL
terça, 11 de agosto de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Mulher contrata pistoleiro para matar ex marido

3 Abr 2007 - 08h05
A juíza Dileta Terezinha Souza Thomaz decretou no final da tarde de hoje a prisão preventiva de três pessoas envolvidas em uma tentativa de homicídio ocorrida no mês de fevereiro em Dourados.

A dona-de-casa Lourdes Coletti de 49 anos é acusada de ter contratado Heverton Cleyton Moura dos Santos de 27 anos para matar o ex-marido dela Osmar Ferreira Lopes de 55 anos, ferido por dois tiros na noite do dia 18 de fevereiro. Osmar foi atingido no ombro esquerdo e na cabeça e ficou por vários dias internado na UTI do Hospital Evangélico mas acabou sobrevivendo.

A trama do crime foi armada por Lourdes e pelo primeiro marido dela José Alves da Silva de 52 anos que depois apresentou Heverton para a ex-esposa.

Com a morte de Osmar ela ficaria com uma casa dele e voltaria a morar com José Alves. Já Heverton receberia pelo “serviço” uma TV 29 polegadas e um revolver calibre 38. Lourdes negou a participação no crime, mas os outros dois confirmaram e ainda apontaram a participação de mais uma pessoa que está sendo procurada pela polícia.

 

 

Dourados News

Deixe seu Comentário

Leia Também

VÍTIMA CORONAVÍRUS
CORONAVÍRUS: Médica de 29 anos perde a vida para a covid-19 após ficar quase 30 dias da UTI
BRASIL - 102.034 MORTES
Brasil confirmou 102.034 mortes e contabiliza 3.068.138 infectados pela Covid-19.
SAÚDE
CLOROQUINA: Pacientes reumáticos que fazem uso de cloroquina não estão imunes ao coronavírus
CORONAVIRUS NO ESPORTE
Covid-19: jogo do CSA é adiado após confirmação de mais nove casos
ESTAVA DESAPARECIDO
Policial Militar é encontrado morto dentro de fossa e pode ter sido assassinado
FATALIDADE
Homem morre soterrado em armazém de soja enquanto fazia limpeza
100 MOTIVAÇÃO
Desiludido e com medo de contágio, eleitor de MT vai sumir das urnas
HORÓSCOPO DO DIA
Horóscopo do dia: a previsão de hoje (11/8) para o seu signo
SOB INVESTIGAÇÃO
Pai provoca acidente e mata filhos no Dia dos Pais
DESRESPEITOSO
Bolsonaro é alvo de ação por falas sobre mulheres