Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 9 de julho de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

MST vai esperar reforma agrária "nas fazendas"

30 Jul 2004 - 17h29
A prática de distribuir o comando entre os vários acampamentos, permitindo ações isoladas, deixará de ser usada pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST), no Pontal do Paranapanema. As invasões serão definidas pela coordenação regional e executadas com um grande contingente de militantes recrutados em todos os acampamentos. O coordenador estadual Laércio Barbosa disse que a nova estratégia do MST é reduzir o número de militantes acampados em beira de estradas. O movimento tem 2.400 famílias distribuidas entre 12 acampamentos. "Se temos de esperar a reforma agrária, vamos esperar dentro das fazendas."

Hoje, os 1.500 sem-terra continuavam montando barracos na área pertencente à empresa Duke Energy, responsável pela geração de energia no rio Paranapanema. Eles ocupavam também uma área com lavoura de sorgo da fazenda, que tem 2 mil hectares. A plantação foi transformada em estacionamento para os carros e o trator com a carreta-tanque que abastece os acampados. A lavoura pertence a dois arrendatários da fazenda.

A estratégia do MST era montar o acampamento no terreno da empresa de energia para pressionar os donos da São Domingos, sem que ficasse caracterizada a invasão dessa propriedade. O advogado Coraldino Vendramini, que representa os arrendatários, disse que houve o esbulho possessório, agravado pela destruição parcial da lavoura.

Os sem-terra ocupam uma faixa da área cultivada e instalaram uma cancela na estrada de acesso. Vendramini vai entrar na segunda-feira com o pedido de reintegração de posse no Fórum de Pirapozinho. A Duke Energy também deve ir à Justiça para pedir a desocupação da área de segurança. A diretoria, em São Paulo, analisava o caso a partir das informações passadas pela gerência da Taquaruçu.

 

Estadão

Deixe seu Comentário

Leia Também

SOS SAUDE
Em 24 horas, nove pessoas morrem em casa pela covid-19 sem atendimento médico
BORA PRA BONITO - MS???
Bonito (MS) irá operar com tarifa de baixa temporada até 18 de dezembro e descontos de até 60%
BONITO - MS - REABERTURA COM SEGURANÇA
Hotel Águas de Bonito te espera com toda segurança e responsabilidade, bora pra Bonito (MS)?
SUSPEITOS COVID-19
Veja autoridades que se reuniram com Bolsonaro nos últimos dias, de acordo com a agenda oficial
ABSURDO
Indígena com Covid-19 sofre aborto espontâneo e recebe feto em garrafa de soro
VITIMA DA COVID 19
Após ficar 3 dias a espera de UTI Cacique xavante líder das causas indígenas morre com Covid-19
AUXILIO EMERGENCIAL
Caixa libera saques e transferências dos aprovados no terceiro lote nascidos em fevereiro
URGENTE - PRESIDENTE COM COVID-19
URGENTE: Bolsonaro testa positivo para coronavírus
PRESIDENTE NA LINHA
Bolsonaro está com sintomas de covid-19 e aguarda resultado de exame
CICLONE BOMBA
Efeitos do Ciclone: mais de 12 mil residências ainda estão sem energia elétrica