Menu
SADER_FULL
domingo, 11 de abril de 2021
Busca
Brasil

MST retoma protestos em MS após as eleições

28 Set 2004 - 10h49

O coordenador do MST, Márcio Bissoli, anunciou ontem que os protestos pela agilização da reforma agrária serão retomados em Mato Grosso do Sul, após as eleições.
Segundo ele, 17 mil famílias de sem-terra, entre elas seis mil do MST, aguardam assentamento desde o início do governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. “Até agora tudo está na promessa; não houve nenhum assentamento no Estado”, reclama.
O governo, na avaliação do coordenador, preocupado com números, prioriza a reforma agrária no Nordeste, onde a terra é bem mais barata. Lula prometeu assentar um milhão de famílias em quatro anos.
No Nordeste, o governo consegue assentar uma família ao custo de R$ 70 mil. Em MS, a terra custa bem mais caro, em torno de R$ 10 mil por um hectare. A estratégia então é reduzir a área destinada a cada família. Sofre com o mesmo problema, os Estados do Paraná, São Paulo e Rio Grande do Sul.
Na outra parte da Fazenda Itamarati (24 mil hectares), por exemplo, o Incra pretendia destinar sete hectares para cada família, segundo Bissoli. “Nós protestamos e conseguimos negociar, elevando a área para 12 hectares”, revela. Segundo ele, uma família precisa de no mínimo 15 hectares de terra para viver com dignidade.
O coordenador do MST atribui a paralisação do processo de assentamento também à incompetência do governo e a greve no Incra, no início do ano. “As áreas deixaram de ser vistoriadas; agora o governo não tem terra improdutiva para assentar as famílias e acaba tendo que comprar”, lembra. As informações são do Diário MS.

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVO CÓDIGO DE TRANSITO
Novo Código de Trânsito entra em vigor na segunda-feira; veja mudanças
LOCKDOWN É A SOLUÇÃO?
Araraquara X Bauru: dois retratos do Brasil com e sem lockdown contra a covid-19
AGRICULTURA SUSTENTAVEL NO MUNDO
II Congresso Mundial de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta deve receber 1 mil inscrições
MORTANDADE
Brasil bate marca de 4 mil mortes por Covid registradas em um dia pela 1ª vez
COPA LIBERTADORES
Santos vence o San Lorenzo na Argentina e abre vantagem por vaga nos grupos da Libertadores
FATALIDADE
Técnico de informática morre após levar choque a partir de fone de ouvido
CANALHA
Pai comete estupro e diz que filha precisa saber "como é ter um homem"
SOB INVESTIGAÇÃO
Cantor gospel e pastor é encontrado morto e amarrado em árvore
CONTAMINAÇÃO
Igrejas superam mercado e consultório médico em risco de transmissão de Covid-19, aponta estudo
CRISE NA PANDEMIA
Número de brasileiros que vivem na pobreza quase triplicou em seis meses, diz FGV