Menu
SADER_FULL
quinta, 24 de setembro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ZANZI
Brasil

MS vende 100% do milho ofertado em leilão da Conab

8 Jul 2010 - 13h14Por Notícias MS

O Estado de Mato Grosso do Sul vendeu 100% do milho disponível no Leilão de PEP (Prêmio de Escoamento de Produto), realizado hoje (8) de manhã, pela Conab (Companhia Nacional de Abastecimento).

Foram comercializadas no pregão eletrônico 50 mil toneladas de milho. A cota de venda dos Estados para este leilão foi reduzida pela Conab em 10% em relação ao pregão anterior.

Para o superintendente de Administração Tributária, Jader Rieffe Julianeli Afonso, a criação de mais uma região com valor do prêmio diferenciado impulsionou a venda do milho produzido em Mato Grosso do Sul.

Com a nova regulamentação da Conab, vigente desde 14 de junho, o Estado foi dividido em duas partes: região 1, que compreende o norte do Estado, tem valor do prêmio a R$ 5,52 a saca de 60 quilos e a região 2, abrangendo os municípios do sul do Estado, tem prêmio de R$ 4,62.

Das 50 mil toneladas negociadas hoje, 10 mil são da região 1 e 40 mil da região 2. O prêmio pago pela Conab é acrescido ao valor comercial do produto para compensar o custo do frete e difere por Estado de acordo com as distâncias em relação ao porto de escoamento.

Desconto

O governo do Estado concedeu desconto de 67% no ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) para o milho comercializado nos leilões Conab. O desconto passou a vigorar a partir de 17 de junho.

A diminuição de 12% para 3,9% na carga tributária do milho atende reivindicação do setor produtivo que alegava a baixa comercialização do grão nos leilões em virtude da tributação.

O Executivo estadual já havia concedido desconto de 60% no início de junho, o que elevou a venda do produto no leilão realizado no dia 8 do mesmo mês, quando foram negociadas 55 mil toneladas de milho, o equivalente a 68,75% da cota fixada para Mato Grosso do Sul, que foi de 80 mil toneladas. O volume foi superior ao negociado no pregão no final do mês de maio, que totalizou 13 mil toneladas.

O ICMS incide sobre o Valor Real Pesquisado do produto, que atualmente é de R$ 13,80 a saca de 60 quilos para operações internas e R$ 19,80 a saca de 60 quilos para operações interestaduais.

A redução do imposto nas operações interestaduais vai possibilitar maior competitividade do milho produzido em Mato Grosso do Sul no mercado interno e externo, além de viabilizar o escoamento do produto e abrir espaço nas unidades estocadoras.

O reflexo também será sentido no preço pago ao produtor rural, incluindo a agricultura familiar, que poderá receber mais pelo produto no ato da venda.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Só queria que me entendessem sem preconceito! PRECONCEITO
Jovem é expulso de casa ao assumir namoro com mulher trans
Yan e um comparsa renderam mãe e filha na rua CRIMINOSO
Bandido morto pela PM arrancou família de carro e agrediu mulher uma semana antes
O diesel não sofreu reajuste. + ALTA
Gasolina sobe 4% nas refinarias, anuncia Petrobras
O total de mortes causadas por covid-19 chega a 138.108, um acréscimo de 0,6% sobre a soma de segunda Saúde
Covid-19: Brasil tem 33,5 mil novos casos e 836 mortes em 24 horas
HERANÇA PORTUGUESA
A herança portuguesa na vida cotidiana do Brasil
Os beneficiários nascidos em janeiro  3,9 milhões de pessoas  poderão sacar AJUDA FINANCEIRA
Caixa paga nova parcela do auxílio emergencial para 5,6 milhões de pessoas
o maior programa de assistência aos mais pobres no Brasil e talvez um dos maiores do mundo PRESIDENTE NA ONU
Bolsonaro diz que brasileiros receberam mil dólares de auxílio
Imagem: Reprodução/Balanço Geral Londrina FUGA EM MASSA
Presos fogem de cadeia após surto de Covid-19
Material estava dentro de uma bexiga e enrolado com fita isolante PROFUNDEZAS DO CRIME
8 celulares e outros materiais são retirados do ânus de preso
Na Pandemia, filas são imensas na CEF de Fátima do Sul-MS AUXILIO POPULAÇÃO
Caixa libera hoje saques do auxílio emergencial para mais 3,6 milhões