Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 14 de junho de 2021
Busca
Brasil

MS vai receber R$ 4,8 milhões para vigilância sanitária

8 Out 2009 - 15h45Por Fátima News, com Assessoria

O Ministério do Planejamento vai liberar ainda nesta semana R$ 4,8 milhões para ações de vigilância sanitária em Mato Grosso do Sul, considerada área de risco pelas autoridades sanitárias do país por fazer fronteira com Paraguai e Bolívia. A informação é da secretária de Produção do Estado (Seprotur), Tereza Cristina Corrêa da Costa Dias.
 
Ela esteve hoje cedo com o secretário-executivo do Planejamento, João Bernardo de Azevedo Bringel, acompanhada do deputado federal Waldemir Moka (PMDB) e de outros parlamentares da bancada do agronegócio da Câmara dos Deputados.
 
A secretária atribui a Moka a articulação que resultou no compromisso firmado pelo governo de que serão liberados de imediato R$ 30 milhões para a defesa animal em todo o país, dos quais R$ 4,8 milhões para Mato Grosso do Sul. "Recebemos a garantia de que o dinheiro estará disponível ainda nesta semana, o que nos traz alívio muito grande, uma vez que a verba estava bloqueada e sem prazo para liberação", reforçou.

 
O acordo começou a ser costurado ontem (segunda-feira) em Brasília com o ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes, que participou de encontro do Fórum Nacional dos Secretários de Agricultura dos Estados, presidido por Tereza Cristina. O evento discutiu o plano de ação de defesa agropecuária para 2010 e a necessidade de o governo acabar com o contingenciamento de recursos para essa área, considerada vital para manter intacta a confiança internacional nos produtos animais brasileiros.

Segundo Moka, estão previstos para 2009 a aplicação de R$ 280 milhões em vigilância sanitária em todo o país. Até agora foram liberados R$ 150 milhões, que, somados aos R$ 30 milhões prometidos para esta quinta-feira, elevará o volume liberado para R$ 180 milhões. O pagamento dos R$ 90 milhões restantes, segundo a secretária, será acertado depois que o ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, retornar do exterior.

 
Tereza Cristina informa que está prevista para este mês a visita de três missões estrangeiras a Mato Grosso do Sul. Representantes dos Estados Unidos, China e Chile vão vistoriar as condições dos frigoríficos e checar as ações de vigilância desenvolvidas pelo Estado para garantir a saúde dos animais criados próximos à fronteira. "Temos de estar atentos e não baixar a guarda jamais para evitar que se repitam os problemas que levaram nossa carne a ficar alijada do comércio internacional por alguns anos", disse a secretária.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CÓDIGO DE TRÂNSITO
Mudanças no código de trânsito brasileiro e suas implicações para motoristas
ESPORTE PELO MUNDO
Em fase artilheira no Cazaquistão, lateral Bryan, ex-Cruzeiro, valoriza presença e relacionamento
FOTO: Só Notícias / Luan Cordeiro / ASSESSORIA COPA AMÉRICA 2021 - NO BRASIL
COPA AMÉRICA: Confira as 06 Seleções que jogarão na Arena Pantanal
biden vacinas capa 696x487 SOLIDARIEDADE
Biden anuncia que vai mandar vacinas para o Brasil e outros países
FENÔMENO RARO
Junho tem Eclipse Solar, Lua de Morango e dia mais longo do ano
PROTESTOS PELO BRASIL
29M pelo fora Bolsonaro chegou a mais de 200 cidades e ganhou as redes sociais
ATENTADO AO PUDOR
Prostitutas exibem partes íntimas no meio da rua, moradores reclamam, Vídeos
NA BRONCA
Bolsonaro aciona STF contra decretos estaduais que impõem restrições para conter Covid-19
BARBÁRIE
Homem encontra partes do corpo do filho em rio
FENÔMENO RARO
Super Lua de Sangue e Eclipse total acontece nesta quarta