Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 27 de maio de 2024
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Busca
Brasil

MS tem um prejuízo de R$ 133,4 mi com cheques sem fundos

16 Fev 2011 - 10h44Por Douranews

Dados do Banco Central mostram que a emissão de cheques sem fundos em Mato Grosso do Sul no mês de janeiro apresentou queda de 14% em relação a dezembro de 2010. No total foram emitidos 89.400 cheques sem fundos no primeiro mês de 2011, contra 104.300 no último mês do ano passado.

 

Mesmo com a queda de 18% no valor total da dívida, o número ainda é alto, alcançando R$ 133,4 milhões. Isso significa que o valor médio da folha devolvida foi de R$ 1.492,17 no mês de janeiro. Em dezembro de 2010 a dívida ficou acumulada em R$ 162,8 milhões.

 

Segundo o presidente da Fecomércio/MS (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo), Edison Ferreira de Araújo, os dados apontam que o cheque está saindo de circulação. “Isso mostra que as pessoas estão controlando mais as finanças e, por outro lado, que o cheque está sendo cada vez menos usado como forma de pagamento, substituído pelos cartões de débito e crédito e sistema de crédito das próprias lojas”, avalia.

 

Uma prova disso seria o fato de que o volume total de cheques trocados no Estado também caiu em 14%, de 1,6 milhão a 1,3 milhão, de dezembro para o mês passado, segundo os dados do Banco Central. De acordo com a Fecomércio/MS, outro fator que precisa ser levado em conta é que dezembro é o mês de maior movimentação do ano, em função do Natal.

Para o gerente de uma loja de roupas e calçados em Dourados, Darci Prates Torquetti, a utilização do cartão na hora da compra é o principal fator para a queda no uso de cheques. “O uso do cartão praticamente triplicou. Muita gente deixou de usar o cheque por conta da burocracia.

O cartão é mais prático, mais cômodo e mais rápido”, afirma o gerente, destacando ainda que, para o comerciante, o fator praticidade não é uma vantagem, já que o cliente acaba ficando menos tempo na loja.

 


O levantamento do Banco Central aponta ainda que, nos últimos 12 meses, foram emitidos 1,1 milhão de cheques sem fundos no Estado. O montante soma uma dívida de R$ 1,69 bilhão.

 


No geral, o número de cheques devolvidos em janeiro chegou a 104 mil em Mato Grosso do Sul, 15% a menos do que dezembro de 2010 (122,6 mil). Esse número representa R$ 162,9 milhões em janeiro. Uma queda de 18%, em relação ao último mês do ano anterior (R$ 199,5 milhões).

Participe do nosso canal no WhatsApp

Clique no botão abaixo para se juntar ao nosso novo canal do WhatsApp e ficar por dentro das últimas notícias.

Participar

Leia Também

Fotos: PMMS/ BMMS BOMBEIROS DE MS NO RS
Com atuação de equipes dos Bombeiros, PM e Defesa Civil, MS continua a apoiar o Rio Grande do Sul
Xadrez MS
Enxadristas representam Mato Grosso do Sul em competição nacional de base em Natal
Saúde Delicada
O Ator Tony Ramos passa por cirurgia de emergência na cabeça para tratar sangramento cerebral no RJ
Ajude o RS
Culturamense registra a devastação de Lageado durante entrega de 21 toneladas de donativos
Fotos: Saul Schramm BOMBEIROS DE MS EM AÇÃO NO PANTANAL
Para combater incêndios florestais no Pantanal, Governo de MS instala bases dos bombeiros em 13 área

Mais Lidas

DEODÁPOLIS DE LUTO
Deodápolis se despede do amigo Zé Medeiros, Pax Oliveira informa sobre velório e sepultamento
Evento
Confira as duas galerias de fotos da premiação do Mês das Mães no Mercado Julifran
O caso será investigado pelo SIG / Divulgação/JP NewsCRIME EM MS
Homem é executado a tiros dentro de casa em MS
Dia J e sorteio de prêmios
Saiba quem são as mães sorteadas na Promoção Mês das Mães do Mercado Julifran
Brasil
Conheça os finais dos principais personagens de "América"