Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 22 de outubro de 2021
Busca
Brasil

MS tem a 6ª maior mortalidade por câncer entre mulheres

28 Nov 2006 - 16h53
Estudo do Inca (Instituto Nacional do Câncer) publicado ontem aponta que Mato Grosso do Sul tem a sexta maior taxa de mortalidade por câncer no País entre mulheres e oitava maior entre homens. São 105,84 mortes a cada 100 mil homens e 81,14 a cada 100 mil, no caso de mulheres. A taxa de mortalidade tanto entre homens quanto entre mulheres é maior no Estado que a média nacional. No País 100,72 homens a cada 100 mil morrem de câncer. E 70,9 mulheres a cada grupo de 100 mil mulheres. O estudo considera o intervalo entre os anos de 2000 e 2004.

Conforme o estudo, a sobrevida relativa esperada para todos os cânceres, é de cerca de 50% em cinco anos, de acordo com a literatura existente. Um estudo realizado com pacientes atendidos pelo Inca, no período de 1992 a 1996, mostra que a sobrevida geral em cinco anos para o câncer de mama foi de 52%; para os tumores de intestino, de 46% e de tumores de próstata.

“O desafio principal é passar a informação adequada para que as pessoas possam se prevenir ou detectar a doença o quanto antes. Existem fatores de risco, como o vírus HPV, por exemplo, que são facilmente detectados e tratados, evitando o surgimento do câncer. É mais econômico investir na prevenção do que gastar com o tratamento”, conclui Luiz Antonio Santini, diretor do Inca.
 
 
Campo Grande News

Leia Também

OLIMPÍADA 2024
Atletas de MS terão bolsas de até R$ 7 mil para competir nos jogos olímpicos
LIÇÕES DA BÍBLIA
Estudo adicional
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: Brasil registra 15.609 casos e 373 mortes em 24 horas
ESTAVA DESAPARECIDO
Corpo de pescador é encontrado dentro de jacaré
LIÇÕES DA BÍBLIA
O principal mandamento
BAIXARAM A GUARDA
Covid-19: Brasil registra 390 mortes e 12,9 mil casos em 24 horas
LIÇÕES DA BÍBLIA
Se me amam, guardarão os Meus mandamentos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Funtrab está com 655 vagas para indígenas interessados em trabalhar em lavouras de maçã em SC e RS
ALERTA TEMPORAIS
Chance de Tempestades (La Ninã) no final do ano é de 87%, aponta atualização do NOAA
LIÇÕES DA BÍBLIA
Ele nos amou primeiro