Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 27 de setembro de 2021
Busca
Brasil

MS soma 1,1 mil novos casos de dengue em 20 dias

27 Jan 2011 - 15h20

Dados do boletim epidemiológico da SES (Secretaria Estadual de Saúde) mostram que, até o dia 15 de janeiro de 2011, já foram 687 notificações de dengue em Mato Grosso do Sul, sendo que quatro municípios do Estado não informaram os casos suspeitos da doença na segunda semana do ano. Campo Grande ainda lidera o ranking com 420 notificações.


Segundo a planilha simplificada da secretaria, o maior risco de se contrair a doença está na região Centro-norte do Estado. A incidência, que leva em consideração o número de casos em relação à população, é maior no município de Rio Verde do Mato Grosso. A cidade apresenta um índice de risco muito alto (159,5) com 30 notificações em uma população de 18.808 habitantes.


Segundo a SES, outros municípios também apresentam um risco muito alto da doença. Dentre eles estão São Gabriel do Oeste, Ribas do Rio Pardo, Bandeirantes, Coxim, Rio Negro, Campo Grande e Naviraí.


A incidência a cada 100 mil habitantes do Estado também é considerada alta com percentual de 28,6. No total, a planilha da SES mostra que mais 23 municípios apresentam grande risco de disseminação da doença, dentre eles estão Dourados, Corumbá, Bonito, Três Lagoas, Ponta Porã e Jardim. Seis cidades sul-mato-grossenses estão com risco moderado e 41 municípios ainda não apresentaram nenhuma notificação de dengue este ano.

DOURADOS

Em Dourados, foram notificadas 33 suspeitas da doença na primeira quinzena de janeiro. As notificações quase dobraram entre a primeira e a segunda semana do ano, saltando de 10 para 18, respectivamente. Porém, apenas um caso foi confirmado na primeira semana de janeiro. Os dados são da secretaria municipal de Saúde.


Segundo a bióloga do CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) do município, Rosana Alexandre da Silva, mesmo com o aumento de casos no decorrer das semanas, os números ainda são menores do que os do ano passado e a população tem sido aliada no combate à doença. “Recebemos de 50 a 60 denúncias por dia. A população está atenta e preocupada, quando vê uma situação propícia para a proliferação do mosquito ou depósito de ovos tem nos avisado”, diz.


O CCZ também está atendendo denúncias de terrenos baldios. Em janeiro foram feitas 350 notificações, conforme a lei da dengue. Destes, 90 foram multados. A multa varia de R$ 500 a R$ 800 e o proprietário tem 10 dias para efetuar as melhorias solicitadas.


Rosana explica que quando surge uma notificação da dengue, mesmo antes de confirmada, o CCZ atua para combater o mosquito na região onde pode haver focos da doença. “Fazemos as ações mecânicas, que são as que orientam a população, e as ações químicas, que são divididas em larvicida, para combater o mosquito na fase imatura, e inseticida, para conter o mosquito adulto”, coloca a bióloga.


As ações químicas são feitas em uma região de nove quarteirões, atingindo um total aproximado de 225 imóveis, nas regiões onde há suspeita da doença. Segundo dados do CCZ, em Dourados já foram feitas ações nos bairros: Jardim Água Boa, São Cristóvão, Monte Líbano, Aldeia Jaguapiru, Maracanã, Canaã I e IV, Parque dos Jequitibás, Campina Verde, Jardim Independência, Parque das Nações I e II, Altos da Monte Alegre, Vila Guarani, BNH 3º plano, Vila Industrial, Flórida II, Ouro Verde e Piratininga.

Leia Também

DESASTRE AÉREO
Diretor da UPA que sofreu acidente aéreo no Pantanal morre em hospital
COVID-19
Covid-19: Brasil tem 15,7 mil novos casos e 537 mortes em 24 horas
+ AUMENTO
Gasolina sobe pela 8ª semana seguida nos postos, aponta ANP
PAN AMERICANO JUNIOR
Atleta de MS carregará as cores do Brasil no vôlei de praia nos Jogos Pan-Americanos Júnior
LIÇÕES DA BÍBLIA
Prefácio de Deuteronômio
ROTA BIOCEÂNICA
Comissão mista homologa consórcio que vai construir ponte da Rota Bioceânica em MS
CASTELO DE AREIA
Idoso casa com prostituta 35 anos mais nova e flagra com outro
DOENÇA DO SÉCULO
Servidor público é encontrado pendurado em árvore
COVID-19
Ministra de Bolsonaro testa positivo para Covid e cancela agenda em Nova Andradina
ASSUSTADOR
Homem encontra boneca na parede com bilhete misterioso: "obrigada por me libertar"