Menu
SADER_FULL
segunda, 21 de junho de 2021
Busca
Brasil

MS sedia seminário inédito sobre Urgência e Emergência no Brasil

17 Nov 2009 - 06h12Por Notícias.MS

Mato Grosso do Sul sedia o Seminário Nacional Urgência e Emergência “O olhar da gestão do trabalho”. O evento acontece hoje (17) e amanhã 18, no Centro de Desenvolvimento Esportivo Social e Cultural (rua Água Azul, s/nº - anel rodoviário próximo à Uniderp/Anhaguera Agrária), a partir das 8 horas, e é exclusivo para gestores de saúde e coordenadores do Serviço Móvel de Atendimento à Urgência (Samu).

O objetivo do seminário é discutir e buscar alternativas para enfrentar os principais problemas de gestão do trabalho dos profissionais que atuam no atendimento de urgência e emergência e também no que diz respeito ao processo de trabalho, ao vínculo e à saúde do trabalhador visando propor ações para resolução destas questões, por meio de experiências de sucesso na área em discussão que integra a rede de serviços de saúde em todos os níveis do Sistema Único de Saúde (SUS) e que deve se organizar para prestar atendimento pré-hospitalar (móvel ou fixo) e hospitalar à população atendida.

O Ministério da Saúde decidiu realizar em Mato Grosso do Sul o seminário – inédito no país – porque a Secretaria de Estado de Saúde (SES) está projetando uma maneira diferenciada de oferecer o Samu Estadual – agregado ao serviço de resgate do Corpo de Bombeiros.

O trabalho do Samu, atualmente em todo país, realiza o atendimento de urgência e emergência em qualquer lugar: residências, locais de trabalho e vias públicas. O socorro é feito após chamada gratuita, feita para o telefone 192. A ligação é atendida por técnicos na Central de Regulação que identificam a emergência e, imediatamente, transferem o telefonema para o médico regulador. Esse profissional faz o diagnóstico da situação e inicia o atendimento no mesmo instante, orientando o paciente, ou a pessoa que fez a chamada, sobre as primeiras ações.

O serviço funciona 24 horas por dia com equipes de profissionais de saúde, como médicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem e socorristas que atendem às urgências de natureza traumática, clínica, pediátrica, cirúrgica, gineco-obstétrica e de saúde mental da população.

O Samu 192 é o principal componente da Política Nacional de Atenção às Urgências, criada em 2003, que tem como finalidade proteger a vida das pessoas e garantir a qualidade no atendimento no SUS. A política tem como foco cinco grandes ações:

* organizar o atendimento de urgência nos pronto-atendimentos, unidades básicas de saúde e nas equipes do Programa Saúde da Família;

* estruturar o atendimento pré-hospitalar móvel (SAMU 192);

* reorganizar as grandes urgências e os pronto-socorros em hospitais;

* criar a retaguarda hospitalar para os atendidos nas urgências; e

* estruturar o atendimento pós-hospitalar.        

Dos 350 profissionais entre trabalhadores, gestores e usuários dos serviços próprios e prestadores do Sistema Único de Saúde (SUS), vão participar do seminário o ministro da Saúde, José Gomes Temporão; governador, André Puccinelli; secretária de Estado de Saúde de Mato Grosso do Sul, Beatriz Dobashi e outros secretários estaduais; coordenadores Estaduais de Urgência e Emergência do Brasil; coordenadores de SAMUs do país (no caso de MS os de Campo Grande, Dourados, Três Lagoas e Corumbá); secretários Municipais de Saúde dos 78 municípios de Mato Grosso do Sul; além de todos os técnicos da Coordenação Geral de Urgência e Emergência (CGUE), do Ministério da Saúde.

Com informações do Ministério da Saúde

Deixe seu Comentário

Leia Também

Policial
Criança de 6 anos sofre trauma de crânio após cair de atração no Beto Carrero World
DOSE ÚNICA
Avião com 1,5 milhão de doses da Janssen chega amanhã, diz ministro
REAÇÃO CERTEIRA
Mulher flagra filha sofrendo estupro e esfaqueia pedófilo
VIOLENCIA DOMESTICA
Menina de 12 anos furta bisavô e leva 10 chibatadas da mãe por ordem do CV
MILIONÁRIO
Aposta única fatura prêmio de R$ 7 milhões da Mega-Sena
AUXILIO POPULAÇÃO
Caixa paga hoje 3ª parcela do auxílio emergencial para nascidos em março
LUTO NA MÚSICA
Cantora gospel que defendia tratamento precoce morre de Covid-19 após ter os pulmões comprometidos
VIDEO
Cliente carrega mangueira sem perceber e bomba pega fogo em posto de combustível de Foz do Iguaçu
AÇÕES DO GOVERNO MS
Reinaldo Azambuja propõe projeto com Itaipu para combater assoreamento nos rios Iguatemi e Amambai
COPA X VIRUS
'Desse jeito, o vírus vai levantar a taça', diz deputado após 52 infectados na Copa América