Menu
SADER_FULL
sábado, 30 de maio de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

MS prevê imunizar 24,7 milhões de bovinos contra aftosa

2 Mai 2007 - 08h12
 

O governo do Estado lança hoje, a partir das 9h30, na Embrapa Gado de Corte, a primeira etapa de vacinação contra febre aftosa do ano. Nessa fase, todo o rebanho, cerca de 24,7 milhões de bovinos e bubalinos, deve ser imunizado.

No planalto, a campanha acontece de 2 a 30 de maio. Já no Pantanal, o prazo se estende até 15 de junho. Em ambos os casos, os pecuaristas terão mais 15 dias para efetuar a declaração da vacinação.

Na oportunidade, também vai ser efetivado o novo Sistema de Atenção Animal da Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro), com a implantação da GTA Fácil, em substituição ao antigo modelo de gerenciamento de dados do órgão.

A partir desse novo programa, haverá uma integração simultânea dos escritórios locais e regionais da Iagro, em todo o Estado, por meio de circuito de comunicação "frame-relay” possibilitando, por exemplo, a emissão de GTA (Guia de Transporte Animal) em qualquer escritório da Iagro, independente de onde seja controlado o movimento da fazenda.

O novo sistema vai garantir uma melhor gestão das atividades voltadas à sanidade animal e vegetal pela Iagro e, além disso, possibilita a implementação de ações voltadas a atender o produtor rural em suas demandas, através de liberação de informações e serviços na WEB, tais como: consultas cadastrais, emissão de extratos, emissão de guias de recolhimento, solicitação prévia de emissão de GTA e confirmação de comprar pelo destinatário (nesse caso os produtores terão acesso à senha particular e/ou certificação digital).

No caso da raiva bovina, a imunização é obrigatória em todo o rebanho, de mamando a caducando, nos municípios de Aquidauana, Anastácio, Corumbá, Miranda, Bonito, Coxim, Bodoquena, Corguinho, Rio Verde, Rio Negro, Jardim, Caracol, Porto Murtinho, Bela Vista, e ainda nos municípios considerados como área de risco, assim como aqueles situados próximos às serras – locais propícios ao aparecimento de morcegos hematófagos (que se alimentam de sangue).

Nesse caso, a vacinação se procede anualmente, sendo aplicada uma dose, em adultos, e dose dupla, no caso dos bezerros.

Já no caso da brucelose, a vacinação ocorre apenas entre as fêmeas bovinas e bubalinas, de 3 a 8 meses de idade, uma única vez na vida.

 

 

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

FRIO, AR SECO E COVID-19
Frio, ar seco e covid-19, 'vassourinhas' do sistema respiratório ficam preguiçosas com o frio
ESCALADA DE ENTERROS
Brasil aproxima de 26 mil mortes por covid 19
ESTUPRO
Homem é preso em flagrante tentando estuprar mulher desacordada
AUXILIO EMERGENCIAL
A 2ª parcela do auxílio de R$ 600 foi cancelada? Saiba como resolver o problema
CORONAVIRUS NO BRASIL
Covid-19: Brasil passa dos 400 mil casos confirmados e 25 mil mortes
MORTES CONTINUAM
Brasil é o 2º país no mundo com infectados com o coronavirus
FRAUDE
URGENTE! 160 mil possíveis FRAUDES no auxílio emergencial de R$600
COVID-19
URGENTE! Zezé Di Camargo e Luciano testam positivo para a Covid-19
BONITO - MS - COVID-19
Pandemia faz empresas demitirem 29% dos funcionários do setor de turismo de Bonito (MS)
VITIMA DA COVID 19
'Mãe' de Jojo Todynho morre de Covid-19