Menu
BANNER IMPRESSORAS
terça, 16 de agosto de 2022
SADER_FULL
Busca
Brasil

MS já registrou 24 ocorrências de adversidades climáticas em 2010

15 Out 2010 - 17h24Por Mídia Max

Eventos climáticos adversos atingiram 21 municípios de Mato Grosso do Sul neste ano. Os impactos de chuvas de granizo, vendavais, inundações, alagamentos, interrupção de estradas e outras consequências fizeram com que 81.884 pessoas fossem afetadas.´

 Relatório da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec) aponta 24 ocorrências desse tipo de janeiro até agora. Três municípios tiveram registro de duas ocorrências em 2010: Campo Grande, Dourados e Santa Rita do Pardo.

O caso com maior número de pessoas prejudicadas diretamente foi o registrado no dia 27 de setembro em Três Lagoas. Pelo alcance dos danos do temporal, que comprometeram além de propriedades particulares importantes serviços públicos coletivos, o número de afetados chegou a 40 mil pessoas.

Desde o início do ano, o governo estadual vem auxiliando as prefeituras e coordenadorias municipais de Defesa Civil na preparação de documentos comprobatórios dos prejuízos e na busca de recursos federais para suprir o restabelecimento da normalidade. Montantes significativos já foram liberados, como o de R$ 15 milhões para Novo Horizonte do Sul. Outras cidades que sofreram as adversidades nos dois primeiros meses do ano também conseguiram o auxílio financeiro, como Aquidauana e Miranda.

Parte das 24 ocorrências do ano se deram entre janeiro e fevereiro, quando as chuvas do auge do verão chegaram forte, provocando a subida e transbordamento de rios, arrastando pontes e fazendo desabar estradas. Outras cidades foram vítimas de um início de primavera de chuvarada severa, especialmente acompanhada de vento e granizo. Grande parte das pessoas afetadas pelos temporais do fim de setembro são famílias que tiveram casas destelhadas ou perfuradas.

Os processos para obter recursos aos municípios que decretaram emergência e pediram auxílio em função das ocorrências de setembro estão em análise na Secretaria Nacional de Defesa Civil, do Ministério da Integração Nacional. A documentação e o requerimento foram elaborados em parceria entre a Cedec e as prefeituras, e o governo, com apoio da bancada federal, busca articular para que os pedidos sejam aprovados. Para quase todos os municípios, o Estado também enviou auxílio material, com produtos como kits de enxoval, cestas de alimentos, telhas e colchões.

Leia Também

MORADIA
Projeto cria programa para auxiliar professores na compra de casa própria
CARTÃO DE CRÉDITO
Um em cada três brasileiros foi vítima de fraude com cartão de crédito
ACIDENTE FATAL
Motociclista de 27 anos bate na traseira de trator e morre em vicinal
TRAGEDIA NA RODOVIA
Sete pessoas morrem e três ficam feridas em acidente entre caminhão e van
AUXILIO POPULAÇÃO
Governo libera empréstimo consignado para beneficiários do Auxílio Brasil
TRAGÉDIA
Carro explode durante abastecimento e amputa pernas de frentista
NOITE DE TERROR
Moradores relatam medo vivido em confronto com oito mortos
ACIDENTE DE TRABALHO FATAL
Trabalhador morre soterrado ao fazer limpeza em silo de grãos
AGRESSÃO NA ESCOLA
Mulher invade escola e espanca aluna a pauladas
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil ultrapassa o número de 680 mil mortos pela doença