Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 27 de setembro de 2021
Busca
MS

MS Forte: Vale Renda e Vale Universidade agora é lei

5 Out 2009 - 05h22Por Notícias.MS

No lançamento das ações para o desenvolvimento MS Forte, que somam mais de R$ 3 bilhões em investimentos nos 78 municípios do Estado, o governador André Puccinelli assinou o Projeto de Lei que institui os programas Vale Renda e Vale Universidade e garante o pagamento da 13ª parcela do programa de transferência de renda aos 50 mil beneficiários em todo o Estado. O governador também anunciou o aumento do benefício para R$ 130,00, que começará a ser pago a partir de janeiro de 2010. 
 
          De acordo com o presidente da Assembléia Legislativa, deputado Jerson Domingos, a medida deve ser votada em caráter de urgência. ”Vou propor às lideranças na sessão da próxima terça-feira”, antecipou Domingos dizendo que o governador surpreendeu os deputados com o anúncio.
 
          “A 13ª parcela, no valor de R$ 120,00, será paga ainda este ano”, garantiu o governador André Puccinelli. Para a secretária de Trabalho e Assistência Social, Tania Mara Garib, as famílias terão o mesmo direito de comemorar as festas de final de ano como as outras pessoas. “Eles terão o orgulho de comprar um carrinho, uma roupa para seus filhos e fazer a ceia de natal”, diz emocionada. 
 
          Para o senador Valter Pereira, “os investimentos sociais fazem girar a roda da economia e melhoram a vida de todas as pessoas”. Com a transferência de renda, o governo pretende minimizar as distorções sociais no Estado.
 
          O MS Forte foi lançado na última sexta-feira (2) à noite pelo governador André Puccinelli, no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo e contou com a participação de mais de 2 mil pessoas entre prefeitos, deputados estaduais e federais e senadores.
 
          MS Forte

          O fortalecimento de ações para aumentar o ritmo do desenvolvimento de Mato Grosso do Sul se traduzem em melhorias no setor de transporte, saúde, educação, assistência social e habitação, com abrangência nos 78 municípios de Mato Grosso do Sul. “Os recursos foram gerados pela economia local e serão retornados aos municípios” afirmou Puccinelli. Do total de investimentos anunciados 80% são com recursos do Estado.
 
          São 1.500 novas obras que, somadas às 1.400 executadas e em andamento  geram 53 mil empregos que transformam Mato Grosso do Sul. “É 15 vezes mais que qualquer outro governador já lançou”, mensura o deputado estadual Paulo Correia. Para a senadora Marisa Serrano “é um resgate do desenvolvimento do Estado”.
 
          Os benefícios para a população economicamente vulnerável alcançam 378 milhões, com a construção de 22 novos Centros de Referência da Assistência Social (Cras) e reforma de 19 unidades de atendimento, além da ampliação da rede de proteção social e programas de benefícios que atendem todas as regiões do Estado. Para melhor atender os beneficiários do Vale Renda estão sendo construídas 40 sedes do programa no interior.

          Para reforçar a área social, em 2009 o Executivo estadual duplicou os recursos do Fundo Estadual de Assistência Social (Feas) para o cofinanciamento dos municípios.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DESASTRE AÉREO
Diretor da UPA que sofreu acidente aéreo no Pantanal morre em hospital
COVID-19
Covid-19: Brasil tem 15,7 mil novos casos e 537 mortes em 24 horas
+ AUMENTO
Gasolina sobe pela 8ª semana seguida nos postos, aponta ANP
PAN AMERICANO JUNIOR
Atleta de MS carregará as cores do Brasil no vôlei de praia nos Jogos Pan-Americanos Júnior
LIÇÕES DA BÍBLIA
Prefácio de Deuteronômio
ROTA BIOCEÂNICA
Comissão mista homologa consórcio que vai construir ponte da Rota Bioceânica em MS
CASTELO DE AREIA
Idoso casa com prostituta 35 anos mais nova e flagra com outro
DOENÇA DO SÉCULO
Servidor público é encontrado pendurado em árvore
COVID-19
Ministra de Bolsonaro testa positivo para Covid e cancela agenda em Nova Andradina
ASSUSTADOR
Homem encontra boneca na parede com bilhete misterioso: "obrigada por me libertar"