Menu
BANNER IMPRESSORAS
terça, 16 de agosto de 2022
SADER_FULL
Busca
Brasil

MS está prestes a obter status de área livre de aftosa

6 Ago 2010 - 14h15Por Senar-MS

Mato Grosso do Sul está prestes a obter o status de área livre de febre aftosa por vacinação, acredita o presidente da Comissão de Pecuária de Corte da Confederação de Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), Antenor Nogueira. Segundo o dirigente, o fato do Ministério da Agricultura ter solicitado à Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) o fim das obrigações e restrições impostas aos produtores da Zona de Alta Vigilância (ZAV) demonstra que as medidas adotadas pelos criadores foram eficientes no sentido de garantir o status sanitário da carne produzida na região. A expectativa é que a condição seja atingida já em setembro.

Criada em 2008 e abrangendo uma faixa de 15 quilômetros de largura ao longo de 1.000 quilômetros de fronteira com Bolívia e Paraguai, a ZAV deve deixar de ter a classificação “risco médio” para ser considerada área livre de aftosa com vacinação. O presidente da Comissão da CNA afirma que a conquista decorre das rigorosas medidas adotada na região, que passou por todas as auditorias com transparência e atinge hoje as condições previstas nas normas internacionais para a criação de gado sadio.

A Zona de Alta Vigilância foi criada a partir da ocorrência de casos de febre aftosa em uma área de 750 quilômetros de fronteira com o Paraguai. “Atualmente, a carne in natura produzida na ZAV não pode ser exportada, o que impactou na economia de vários municípios da região pantaneira. A mudança desse status vai beneficiar produtores e a economia de Mato Grosso do Sul”, enfatiza Nogueira.

Ao receber o status de área livre da febre aftosa, Mato Grosso do Sul entra na disputa para voltar a ser o maior exportador de carne bovina, como em 2005. Porém, atendendo as atuais normas, até setembro os produtores da região ainda terão a obrigação de transportar animais em caminhões lacrados, em rotas pré-determinadas nas guias de trânsito animal (GTA’s). Além disso, é necessária a relação individual de animais e quarentena para trânsito de gado magro para fora da ZAV.

Leia Também

MORADIA
Projeto cria programa para auxiliar professores na compra de casa própria
CARTÃO DE CRÉDITO
Um em cada três brasileiros foi vítima de fraude com cartão de crédito
ACIDENTE FATAL
Motociclista de 27 anos bate na traseira de trator e morre em vicinal
TRAGEDIA NA RODOVIA
Sete pessoas morrem e três ficam feridas em acidente entre caminhão e van
AUXILIO POPULAÇÃO
Governo libera empréstimo consignado para beneficiários do Auxílio Brasil
TRAGÉDIA
Carro explode durante abastecimento e amputa pernas de frentista
NOITE DE TERROR
Moradores relatam medo vivido em confronto com oito mortos
ACIDENTE DE TRABALHO FATAL
Trabalhador morre soterrado ao fazer limpeza em silo de grãos
AGRESSÃO NA ESCOLA
Mulher invade escola e espanca aluna a pauladas
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil ultrapassa o número de 680 mil mortos pela doença