Menu
SADER_FULL
sábado, 8 de maio de 2021
Busca
Brasil

MS está prestes a obter status de área livre de aftosa

6 Ago 2010 - 14h15Por Senar-MS

Mato Grosso do Sul está prestes a obter o status de área livre de febre aftosa por vacinação, acredita o presidente da Comissão de Pecuária de Corte da Confederação de Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), Antenor Nogueira. Segundo o dirigente, o fato do Ministério da Agricultura ter solicitado à Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) o fim das obrigações e restrições impostas aos produtores da Zona de Alta Vigilância (ZAV) demonstra que as medidas adotadas pelos criadores foram eficientes no sentido de garantir o status sanitário da carne produzida na região. A expectativa é que a condição seja atingida já em setembro.

Criada em 2008 e abrangendo uma faixa de 15 quilômetros de largura ao longo de 1.000 quilômetros de fronteira com Bolívia e Paraguai, a ZAV deve deixar de ter a classificação “risco médio” para ser considerada área livre de aftosa com vacinação. O presidente da Comissão da CNA afirma que a conquista decorre das rigorosas medidas adotada na região, que passou por todas as auditorias com transparência e atinge hoje as condições previstas nas normas internacionais para a criação de gado sadio.

A Zona de Alta Vigilância foi criada a partir da ocorrência de casos de febre aftosa em uma área de 750 quilômetros de fronteira com o Paraguai. “Atualmente, a carne in natura produzida na ZAV não pode ser exportada, o que impactou na economia de vários municípios da região pantaneira. A mudança desse status vai beneficiar produtores e a economia de Mato Grosso do Sul”, enfatiza Nogueira.

Ao receber o status de área livre da febre aftosa, Mato Grosso do Sul entra na disputa para voltar a ser o maior exportador de carne bovina, como em 2005. Porém, atendendo as atuais normas, até setembro os produtores da região ainda terão a obrigação de transportar animais em caminhões lacrados, em rotas pré-determinadas nas guias de trânsito animal (GTA’s). Além disso, é necessária a relação individual de animais e quarentena para trânsito de gado magro para fora da ZAV.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada
TERROR NA CRECHE
Sob forte emoção moradores de Saudades realizam velório coletivo das vítimas do ataque à creche
CHEGANDO FORTE
Frio chega com força e provoca geada no Sul
TERROR EM CRECHE
Jovem invade escola e mata três crianças e duas funcionárias
PÉSSIMA PROJEÇÃO
Covid-19: Brasil deve alcançar 575 mil mortes em 1º de agosto, diz instituto
SONHO INTERROMPIDO
Jovem perde noivo para a Covid-19 no dia do casamento: 'Nossos sonhos ficaram para trás'
PANDEMIA CORONAVIRUS
Triste número: Brasil ultrapassa 400 mil mortes por Covid-19
REVOLTA
Pastor zomba da fé dos indígenas Trukás que revoltados quebram templo em construção; veja o vídeo