Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 24 de outubro de 2020
SADER_FULL
Busca
ZANZI
Brasil

MS é sucesso em desenvolvimento social, diz membro da ONU

21 Out 2004 - 14h52
O coordenador-residente das Nações Unidas e representante-residente do PNUD (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento) no Brasil, Carlos Lopes afirmou que Mato Grosso do Sul é um exemplo de sucesso quanto ao desenvolvimento social, graças as ações de inclusão social desenvolvidas no Estado. “Mato Grosso do Sul nos últimos anos tem conseguido vitórias importantes, principalmente em vários aspectos sociais”, afirmou Carlos Lopes, que exemplificou com os resultados do IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) do Estado que passou de 18º lugar para 7º no ranking nacional nos últimos anos.

A parceria efetiva do Governo do Estado e do Sebrae/MS que deram todas as condições para a implantação do escritório também foi ressaltada pelo representante da ONU no Brasil. “Existe muita cumplicidade para que a presença do PNUD no Estado seja efetiva e alcance a meta de ajudar no desenvolvimento através do combate à miséria”, disse. O bom desempenho do Estado no setor social e o apoio governamental justificam a criação do primeiro escritório regional do PNUD em Mato Grosso do Sul. Outros 9 serão instalados em outros estados nos próximos meses.

Em seu discurso durante a inauguração do escritório do PNUD, Carlos Lopes afirmou que a instalação do escritório em Mato Grosso do Sul pretende estimular a busca de conhecimento através da experiência e do conhecimento que o PNUD possui em 166 países onde atua. O programa do PNUD no Brasil é o maior do mundo e queremos que nossa presença em Mato Grosso do Sul seja símbolo de energia e que faça a diferença da transformação”, concluiu.

Estiveram presentes na cerimônia de inauguração do escritório do PNUD a presidente do Cogeps (Conselho de Gestão Estadual de Políticas Públicas), Gilda Maria Gomes dos Santos; vice-governador e secretário de Planejamento, Ciência e Tecnologia, Egon Krakhecke; secretário de Saúde, João Paulo Esteves; secretário de Receita e Controle, José Ricardo Cabral; secretário de Produção e Turismo e representante do Conselho Deliberativo do Sebrae/MS, José Felício; subsecretário de Articulação e Gestão Governamental, José Carlos Gomes; secretária de Trabalho, Assistência Social e Economia Solidária, Eloísa Castro Berro; superintendente do Sebrae/MS, Wagner Simoni e presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Rubens Bossay.
 
 
Agência Popular

Deixe seu Comentário

Leia Também

SIM A VIDA
Brasil se une a Egito, Indonésia, Uganda, Hungria e EUA em declaração contra o aborto
Invasão em residência acaba morador morto por tiro acidental TRAGÉDIA NA FAMILIA
Homem mata o próprio irmão ao atirar em invasor de residência
GUERRA DA VACINA
Bolsonaro diz que não comprará vacina chinesa, mesmo se aprovada pela Anvisa
Motorista da carreta diz que ainda tentou desviar, mas não conseguiu DOENÇA DO SÉCULO
Menor pega carro escondido, joga contra carreta e morre na hora
BRASIL - 155.403 MORTES
Covid-19: Brasil tem 24.818 novos casos em 24 horas
AJUDA
Caixa Econômica paga auxílio emergencial para 5,2 milhões de beneficiários
CORONAVIRUS
Morre voluntário brasileiro que participava de testes da vacina de Oxford
MORTE SUBITA
Idoso morre em voo de Cuiabá para SP; avião faz pouso de emergência
BRASIL - 154.176 MORTES
Covid-19: Brasil tem mais 271 óbitos e 15.383 novos casos em 24h
TRAGÉDIA NA CIDADE
Acidente entre trem e e micro-ônibus deixa uma mulher morta e feridos