Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 23 de setembro de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

MS deve representar 14% da matriz energética do Brasil em 2020

19 Jul 2010 - 11h55Por Fátima News com assessoria

Mato Grosso do Sul é um dos estados que vão turbinar a produção de energia a partir da biomassa nos próximos anos. A meta brasileira é aumentar a participação da energia produzida com bagaço da cana-de-açúcar na matriz energética para 14% até 2020. Para isso, é preciso sair dos atuais 1,8 mil MegaWatts (3%) para 13,1 mil MegaWatts (MW). Desse modo, a energia limpa encostará no óleo diesel como fonte de eletricidade.

 

Segundo relatório da Associação da Indústria de Co-geração de Energia (Cogen), que terá informações apresentadas no Canasul 2010, em agosto, em Campo Grande , o Estado tem sete indústrias cadastradas no Programa Bioeletricidade 2011-2020. É o segundo maior número do País, abaixo do líder São Paulo, com 32 empreendimentos do total de 62.

 

O programa é um esforço para promover ajustes fiscais e administrativos no setor bionergético, além de facilitar financiamentos. De acordo com o estudo, comandado pelo vice-presidente da Cogen, Carlos Silvestrin, um dos palestrantes do Canasul, a capacidade instalada de geração de bioenergia no Brasil deve saltar de 112 mil MW para 167 MW, em 2020.

 

Matéria-prima não vai faltar para dar fôlego à geração de bioenergia. O estudo aponta tendência de crescimento na produção de cana, que deve sair dos 685 milhões de toneladas, em 2010, para 1,1 bilhão, em 2019. Na transformação, são usados 75% de bagaço e 50% da palha da cana.

 

O Canasul 2010, nos dias 16 e 17 de agosto, será no Centro de Convenções Rubens Gil de Camilo, no Parque dos Poderes, em Campo Grande.

 

Inscrições e informações até dia 10 de agosto no site WWW.opec-eventos.com.br/canasul.

 

O evento é realizado pela Comissão Técnica de Bionergia da Federação da Agricultura e Pecuária de MS (Famasul), com promoção do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Produção e Turismo (Seprotur); Associação dos Produtores de Bionergia de MS (Biosul) e Federação das Indústrias de MS (Fiems). Sebrae, Banco do Brasil e Ministério da Agricultura patrocinam o evento, que tem apoio da AEAMS, CREA-MS, OCB-MS e Mútua.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Só queria que me entendessem sem preconceito! PRECONCEITO
Jovem é expulso de casa ao assumir namoro com mulher trans
Yan e um comparsa renderam mãe e filha na rua CRIMINOSO
Bandido morto pela PM arrancou família de carro e agrediu mulher uma semana antes
O diesel não sofreu reajuste. + ALTA
Gasolina sobe 4% nas refinarias, anuncia Petrobras
O total de mortes causadas por covid-19 chega a 138.108, um acréscimo de 0,6% sobre a soma de segunda Saúde
Covid-19: Brasil tem 33,5 mil novos casos e 836 mortes em 24 horas
HERANÇA PORTUGUESA
A herança portuguesa na vida cotidiana do Brasil
Os beneficiários nascidos em janeiro  3,9 milhões de pessoas  poderão sacar AJUDA FINANCEIRA
Caixa paga nova parcela do auxílio emergencial para 5,6 milhões de pessoas
o maior programa de assistência aos mais pobres no Brasil e talvez um dos maiores do mundo PRESIDENTE NA ONU
Bolsonaro diz que brasileiros receberam mil dólares de auxílio
Imagem: Reprodução/Balanço Geral Londrina FUGA EM MASSA
Presos fogem de cadeia após surto de Covid-19
Material estava dentro de uma bexiga e enrolado com fita isolante PROFUNDEZAS DO CRIME
8 celulares e outros materiais são retirados do ânus de preso
Na Pandemia, filas são imensas na CEF de Fátima do Sul-MS AUXILIO POPULAÇÃO
Caixa libera hoje saques do auxílio emergencial para mais 3,6 milhões