Menu
SADER_FULL
terça, 26 de outubro de 2021
Busca
Brasil

MS destina 14% mais embalagens de defensivos agrícolas

20 Dez 2006 - 17h23
Entre os meses de janeiro e novembro deste ano, Mato Grosso do Sul destinou 998 toneladas de embalagens vazias de produtos fitossanitários, 14,3% a mais que no mesmo período de 2005, no qual os agricultores do Estado devolveram 873 toneladas de recipientes vazios.

O Sistema de Destinação Final de Embalagens de Mato Grosso do Sul tem alcançado bons resultados graças ao trabalho conjunto de agricultores, canais de distribuição e cooperativas, indústria produtora (representada pelo Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias - inpEV) e poder público, representado no Estado pela Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária, Animal e Vegetal), Seprotur (Secretaria de Estado de Produção e Turismo), SEMA (Secretaria de Estado de Meio Ambiente) e Instituto Meio Ambiente Pantanal (IMAP).

A estrutura de recebimento das embalagens é abrangente em Mato Grosso do Sul, que possui atualmente oito centrais localizadas nos municípios de Campo Grande, Chapadão do Sul, Dourados, Maracaju, Naviraí, Ponta Porã, Rio Brilhante e São Gabriel do Oeste, além dos postos de recebimento de Três Lagoas e de Sidrolândia, esse último inaugurado no início de outubro.

Dados Sistema de Destinação Final no Brasil

Nos 11 primeiros meses deste ano, o Sistema de Destinação Final de Embalagens Vazias de defensivos agrícolas do Brasil alcançou a marca de 18.262 toneladas de embalagens, volume 12% maior em comparação com o mesmo período do ano passado. Somente no mês de novembro, foram devolvidas 1.824 toneladas de recipientes vazios nas mais de 350 unidades de recebimento brasileiras.

Além de Mato Grosso do Sul, outros Estados alcançaram bons índices, como Alagoas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Mato Grosso, Minas Gerais, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, São Paulo e Tocantins.

Sobre o inpEV

O inpEV – Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias – é uma entidade sem fins lucrativos que representa a indústria fabricante de defensivos agrícolas em sua responsabilidade de destinar as embalagens vazias de seus produtos, devolvidas nas unidades de recebimento credenciadas de acordo com a Lei nº 9.974/2000 (legislação federal) e o Decreto Federal nº 4.074/2000. O instituto foi fundado em 14 de dezembro de 2001 e entrou em funcionamento em março de 2002. Atualmente, possui como associadas 64 empresas e sete entidades de classe do setor.

Mais informações sobre o inpEV e o Sistema de Destinação Final de Embalagens Vazias estão disponíveis no site www.inpev.org.br.
 
 
 
APn

Leia Também

LIÇÕES DA BÍBLIA
Amem o estrangeiro
LIÇÕES DA BÍBLIA
Circuncidem seu coração
OLIMPÍADA 2024
Atletas de MS terão bolsas de até R$ 7 mil para competir nos jogos olímpicos
LIÇÕES DA BÍBLIA
Estudo adicional
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: Brasil registra 15.609 casos e 373 mortes em 24 horas
ESTAVA DESAPARECIDO
Corpo de pescador é encontrado dentro de jacaré
LIÇÕES DA BÍBLIA
O principal mandamento
BAIXARAM A GUARDA
Covid-19: Brasil registra 390 mortes e 12,9 mil casos em 24 horas
LIÇÕES DA BÍBLIA
Se me amam, guardarão os Meus mandamentos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Funtrab está com 655 vagas para indígenas interessados em trabalhar em lavouras de maçã em SC e RS