Menu
SADER_FULL
segunda, 10 de maio de 2021
Busca
Brasil

MS consumiu US$ 189 milhões em defensivos

15 Jul 2004 - 13h00
Mato Grosso do Sul consumiu no ano passado US$ 189 milhões em defensivos agrícolas no ano passado, segundo dados do Sindag (Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para Defesa Agrícola). Isso representa 6% de participação em toda a venda do produto em âmbito nacional, de acordo com o presidente da entidade, José Roberto da Ros.
De olho no período de plantio da próxima safra de soja e outras culturas de verão, a entidade alerta para os riscos aos quais os produtores que compram produtos clandestinos estão sujeitos. Sem o grau de precisão adequado, esses produtos podem, além de prejudicar o meio ambiente e comprometer a qualidade da produção para o consumo humano, também afetar a própria lavoura, causando grandes perdas.
Considerando a participação de Mato Grosso do Sul no mercado regular, os defensivos piratas movimentam pelo menos US$ 3 milhões no Estado (de US$ 50 milhões nacionais). Porém, pondera Ros, a grande representação agrícola e proximidade da fronteira com o Paraguai podem fazer do Estado um consumidor mais voraz dos produtos clandestinos. O contrabando é estimulado pelos preços até 40% mais baratos, diferença calculada em função desses defensivos não recolherem impostos.
 
Campo Grande News

Deixe seu Comentário

Leia Também

FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada
TERROR NA CRECHE
Sob forte emoção moradores de Saudades realizam velório coletivo das vítimas do ataque à creche
CHEGANDO FORTE
Frio chega com força e provoca geada no Sul
TERROR EM CRECHE
Jovem invade escola e mata três crianças e duas funcionárias
PÉSSIMA PROJEÇÃO
Covid-19: Brasil deve alcançar 575 mil mortes em 1º de agosto, diz instituto
SONHO INTERROMPIDO
Jovem perde noivo para a Covid-19 no dia do casamento: 'Nossos sonhos ficaram para trás'