Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 24 de setembro de 2020
SADER_FULL
Busca
ZANZI
Brasil

MS avançou muito e vive hoje uma nova realidade econômica, diz Murilo

13 Ago 2010 - 16h35Por Fátima News com assessoria

Em reunião realizada na noite de ontem (12.08) com servidores municipais no comitê central da Coligação “Amor, Trabalho e Fé”, em Campo Grande, o candidato a senador Murilo Zauith voltou a defender a necessidade de se manter as parcerias entre o governo do Estado e as prefeituras em ações indutoras do desenvolvimento regional. Segundo ele, esse modelo de gestão propiciou o incremento da produção e geração de novos postos de trabalho em todas as regiões do Mato Grosso do Sul.

“Aqui em Campo Grande os resultados dessas ações conjuntas entre prefeitura e governo são visíveis. A economia foi impulsionada por meio da diversificação, o que mudou o perfil sócio-econômico do município, garantindo melhor qualidade de vida às pessoas que aqui vivem”, disse Murilo, ao destacar que nesse processo a atuação do prefeito Nelson Trad Filho e de seu vice, Edil Albuquerque, foi fundamental.

“Cada uma das regiões do Estado vive hoje uma nova realidade econômica. No Bolsão foram instaladas novas indústrias, no Cone-Sul, no Sudoeste e no Norte do Estado a situação não é diferente”, ressaltou o candidato, lembrando que esses resultados, em grande parte, se devem aos investimentos em infra-estrutura e logística de transporte feitos pelo governo do Estado em parceria com as prefeituras.

“E não há como ser diferente, pois somente com a união de forças o poder público pode cumprir com sucesso o papel de indutor do desenvolvimento”, argumentou. Para ele, apesar dos resultados positivos contabilizados até agora, “é preciso avançar mais, o Estado precisa se desenvolver mais ainda”.

E para que o Mato Grosso do Sul continue firme no processo de desenvolvimento, conforme ressaltou, “é necessário que o governador André Puccinelli seja reeleito. De nossa parte, no Senado, continuaremos a auxiliá-lo, buscando recursos e promovendo gestões junto ao governo federal para que o nosso Estado, no que se refere à destinação das verbas da União, seja priorizado”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Só queria que me entendessem sem preconceito! PRECONCEITO
Jovem é expulso de casa ao assumir namoro com mulher trans
Yan e um comparsa renderam mãe e filha na rua CRIMINOSO
Bandido morto pela PM arrancou família de carro e agrediu mulher uma semana antes
O diesel não sofreu reajuste. + ALTA
Gasolina sobe 4% nas refinarias, anuncia Petrobras
O total de mortes causadas por covid-19 chega a 138.108, um acréscimo de 0,6% sobre a soma de segunda Saúde
Covid-19: Brasil tem 33,5 mil novos casos e 836 mortes em 24 horas
HERANÇA PORTUGUESA
A herança portuguesa na vida cotidiana do Brasil
Os beneficiários nascidos em janeiro  3,9 milhões de pessoas  poderão sacar AJUDA FINANCEIRA
Caixa paga nova parcela do auxílio emergencial para 5,6 milhões de pessoas
o maior programa de assistência aos mais pobres no Brasil e talvez um dos maiores do mundo PRESIDENTE NA ONU
Bolsonaro diz que brasileiros receberam mil dólares de auxílio
Imagem: Reprodução/Balanço Geral Londrina FUGA EM MASSA
Presos fogem de cadeia após surto de Covid-19
Material estava dentro de uma bexiga e enrolado com fita isolante PROFUNDEZAS DO CRIME
8 celulares e outros materiais são retirados do ânus de preso
Na Pandemia, filas são imensas na CEF de Fátima do Sul-MS AUXILIO POPULAÇÃO
Caixa libera hoje saques do auxílio emergencial para mais 3,6 milhões