Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 9 de julho de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

MPs trancam pautas da Câmara e do Senado

14 Set 2004 - 07h07
O Congresso Nacional inicia hoje o terceiro e último esforço concentrado no período que antecede as eleições municipais. O esforço começa com a pauta da Câmara trancada por seis medidas provisórias (MPs). Amanhã (15), mais cinco MPs passam a trancar a pauta. Com isso, a Câmara terá que votar 11 MPs para que possa ter início a votação de outras matérias.

Para agilizar o processo de votação e garantir sucesso no esforço concentrado, os líderes dos partidários realizam hoje diversas reuniões na Câmara e no Senado. O presidente da Câmara, João Paulo Cunha (PT-SP), acredita que será possível fechar um acordo com os líderes para votar as MPs, porque elas não tratam de temas polêmicos. Para tentar um acordo, João Paulo conversa com líderes da base e da oposição. O líder do governo, Professor Luizinho (PT-SP), também se reúne com líderes aliados em busca de acordo.

No último esforço concentrado, a Câmara só conseguiu votar uma das duas medidas provisórias que trancavam a pauta. O motivo foi o quórum baixo, além da obstrução dos trabalhos pela oposição. Nesta semana, a previsão é de quórum ainda menor, por causa da proximidade das eleições municipais. Para votar uma medida provisória, exige-se um mínimo de 256 deputados. A aprovação se dá por maioria simples.

Outro problema é que muitos parlamentares, mesmo não concorrendo às eleições municipais, permanecem nas suas bases para ajudar a eleger seus candidatos a prefeito, que poderão ajudá-los nas próximas eleições legislativas, dentro de dois anos.

No Congresso, há 78 deputados e senadores disputando cargos de prefeito ou vice-prefeito, o que contribui para baixar ainda mais o quórum.

No Senado, o esforço concentrado começa com a pauta trancada por uma medida provisória, a que isenta de impostos a importação de equipamentos para pesquisas. Além dessa MP, os senadores tentarão votar a Lei de Informática e o projeto que trata da Biossegurança.

O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), convocou sessão do Congresso para hoje, às 19h, para votação de algumas proposições, entre elas a que concede reajuste de 10% para os militares.

 

 

Terra

Deixe seu Comentário

Leia Também

RECUPERAÇÃO
Dinho Ouro Preto revela sequelas após covid-19, ele já teve gripe suína e dengue
SOS SAUDE
Em 24 horas, nove pessoas morrem em casa pela covid-19 sem atendimento médico
BORA PRA BONITO - MS???
Bonito (MS) irá operar com tarifa de baixa temporada até 18 de dezembro e descontos de até 60%
BONITO - MS - REABERTURA COM SEGURANÇA
Hotel Águas de Bonito te espera com toda segurança e responsabilidade, bora pra Bonito (MS)?
SUSPEITOS COVID-19
Veja autoridades que se reuniram com Bolsonaro nos últimos dias, de acordo com a agenda oficial
ABSURDO
Indígena com Covid-19 sofre aborto espontâneo e recebe feto em garrafa de soro
VITIMA DA COVID 19
Após ficar 3 dias a espera de UTI Cacique xavante líder das causas indígenas morre com Covid-19
AUXILIO EMERGENCIAL
Caixa libera saques e transferências dos aprovados no terceiro lote nascidos em fevereiro
URGENTE - PRESIDENTE COM COVID-19
URGENTE: Bolsonaro testa positivo para coronavírus
PRESIDENTE NA LINHA
Bolsonaro está com sintomas de covid-19 e aguarda resultado de exame