Menu
SADER_FULL
sexta, 18 de junho de 2021
Busca
Brasil

MPE pede a demolição do Hotel Íbis em Dourados

21 Jan 2010 - 10h42Por O Progresso

Apesar de já se prever a inauguração para março, o impasse que envolve o Hotel Íbis, anexo ao Shopping Avenida Center, ainda não terminou. O último capítulo do impasse que se arrasta há cerca de dois anos falta ser decidido pelo Tribunal de Justiça (TJ/MS), que vai julgar o pedido do procurador do Ministério Público Estadual (MPE), Sílvio César Maluf, que solicitou a demolição do prédio.
O edifício tem nove pavimentos e comporta 98 apartamentos. As obras estão em fase de acabamento e o investimento é de cerca de R$ 7 milhões, construído pelos Empreendimentos Imobiliários Ingá e a Bertt Administrador de Bens Próprios, do Paraná (PR). O Íbis faz parte de uma rede com mais de 745 hotéis em 35 países.
As obras começaram em 2008, mas logo no começo da fase de fundação, a justiça acabou embargando a obra por causa de uma ação judicial movida pelo empresário do ramo hoteleiro Stefano Hugo Telo. Ele entrou com uma ação popular contra a construção do Hotel Ibis, sob a justificativa de que o empreendimento foi edificado no mesmo terreno do Shopping Avenida Center com área de 19.789,88 m², correspondendo a uma ocupação de 78,51% da totalidade do terreno, ou seja, a edificação foi superior à permitida pela Lei Municipal de Zoneamento, que limita em 70% sobre a área. "Só por esse motivo já se justificou o embargo da obra", explicou o advogado que impetrou a ação, Laudelino Balbuena Medeiros.
O advogado diz também haver ilegalidade na decisão do Conselho Municipal de Desenvolvimento (CMD) que em 2008 autorizou o desmembramento de uma área de 1.290,63 m² do terreno do Shopping, bem como na votação do projeto pela Câmara Municipal aprovando o desmembramento.
A apelação é contra a Bertt Administradora de Bens Próprios Ltda, o ex-prefeito Laerte Tetila e o ex-presidente da Câmara de Vereadores, Carlos Alberto Assis Bernardes (Carlinhos Cantor).
Em setembro de 2008, uma decisão do juiz da 5ª Vara Cível de Dourados, Jonas Hass Silva Júnior, revogou a decisão da liminar em que embargava a obra. Com a decisão publicada, a obra foi retomada. Em 2009, o processo foi encaminhado ao TJ/MS para decidir em 2ª instância, mas, desta vez, para a demolição, já que a obra está em fase bastante adiantada.

INAUGURAÇÃO
Em visita a Dourados, o empresário, que é sócio do Grupo Ingá, Domingos Bertoncello, informou que a inauguração do Íbis está prevista para março. Serão contratados cerca de 25 funcionários para atender a parte operacional. Os funcionários do setor administrativos já foram contratados e já passam por treinamento. Segundo o engenheiro responsável, Márcio Leandro Michellin, as obras estão em fase de acabamento e deve m ser entregues no começo de fevereiro.


Deixe seu Comentário

Leia Também

LUTO NA MÚSICA
Cantora gospel que defendia tratamento precoce morre de Covid-19 após ter os pulmões comprometidos
VIDEO
Cliente carrega mangueira sem perceber e bomba pega fogo em posto de combustível de Foz do Iguaçu
AÇÕES DO GOVERNO MS
Reinaldo Azambuja propõe projeto com Itaipu para combater assoreamento nos rios Iguatemi e Amambai
COPA X VIRUS
'Desse jeito, o vírus vai levantar a taça', diz deputado após 52 infectados na Copa América
FAMOSIDADES
Apresentador mostra fotos de viagens românticas com filha de Faustão e se declara
SEIS DIAS DE TERROR
Homem mata uma família e aterroriza moradores em seis dias de fuga deixando rastros de crimes
TRISTEZA E COMOÇÃO
Jovem engenheiro morre em acidente com moto e comove cidade
MUI AMIGO
Homem obriga mulher de amigo a fazer sexo oral e leva surra em delegacia
DOENÇA DO SÉCULO
Homem de 33 anos deixa carta de despedida e tenta pular de ponte
ABSURDO
Família registra boletim de ocorrência após vitima de covid ser sepultado em cemitério errado