Menu
SADER_FULL
sexta, 5 de março de 2021
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Brasil

MP diz ser preciso quebrar sigilos bancário e telefônico de aluno morto

20 Mai 2011 - 13h56Por G1

O Ministério Público estadual entende ser necessário quebrar os sigilos bancários e telefônico do aluno da USP morto com um tiro na cabeça a noite de quarta-feira (18) no estacionamento da Faculdade de Economia e Administração (FEA) da Universidade de São Paulo para ajudar a esclarecer qual foi a motivação do crime.

Para a promotora Mildred de Assis Gonzalez, que acompanha as investigações da Polícia Civil sobre o caso, é preciso saber se o estudante Felipe Ramos de Paiva, de 24 anos, sacou algum dinheiro num caixa eletrônico do campus, como afirmou uma testemunha, ou se havia recebido alguma ameaça por telefone. A promotora deverá falar com os policiais na próxima semana.

O Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) poderá pedir a Justiça a quebra dos sigilos. Por enquanto, o departamento trabalha com a hipótese de que o aluno do 5º ano do curso de Ciências Atuariais foi morto ao reagir a um assalto. O diretor do DHPP afirmou em entrevista coletiva na noite de quinta-feira (19) que um outro aluno viu a vítima ser perseguida por dois homens após ter retirado dinheiro de um caixa perto da FEA. A própria família da vítima disse que o aluno já tinha enfrentado ladrões dentro do campus antes do crime, em outras duas oportunidades.

Deixe seu Comentário

Leia Também

100 UTI = OBITO
Ministério da Saúde prevê 3 mil mortes por dia por covid-19 nas próximas duas semanas
TRISTEZA NA FAMILIA
'Não tem UTI,amo vcs':a história por trás do tuíte viral que revela mensagens de mãe morta por covid
DISPARO ACIDENTAL
Assessor em fazenda do cantor Leonardo morre vitima de tiro acidental
VIOLENCIA DOMESTICA
Vítima de violência doméstica escreve bilhete com pedido SOS em agência bancária: 'Ele tá ai fora'
ALERTA AO CPF
Confira se o seu CPF foi usado de maneira IRREGULAR por desconhecidos
VAMOS PREVENIR
Igreja Adventista vota documento com orientações sobre cultos e reuniões
ALERTA AOS JOVENS
O que está por trás da alta das internações de jovens com covid
BRASIL EM PÂNICO
Brasil tem novo recorde de mortes por covid em 24 horas: 1.910
100 TRÉGUA
Brasil registra 1.726 mortes em 24 horas e bate novo recorde na pandemia; total chega a 257,5 mil
EXECUÇÃO NA MADRUGADA
Dona de bar é degolada e corpo encontrado nos fundos do estabelecimento