Menu
SADER_FULL
sábado, 6 de março de 2021
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Brasil

Movimento visa estruturar o Hospital do Câncer em Dourados

27 Mai 2011 - 08h55Por A Gazeta News

Uma reunião realizada na tarde do dia 20 de maio, sexta-feira da semana passada, deu o “ponta pé” inicial a um movimento regional para concluir a obra de ampliação e reestruturar o Hospital do Câncer, em Dourados.

O movimento, que deve contar com apoio de 33 municípios, todos atendidos pela unidade de saúde, que é especializada em tratamentos do câncer em todas suas variedades, tem por objetivo, levantar recursos para concluir as obras de ampliação, no segundo piso do Hospital, que hoje atende cerca de 1.000 pacientes por mês e equipar a unidade, que irá destinar uma ala exclusiva para o atendimento de crianças.

Sem recursos para concluir a construção, que deverá custar algo em torno de R$ 1 milhão de reais, a direção do Hospital, que presta atendimento gratuito à população por meio de convênio com o SUS (Sistema Único de Saúde), apelou para as câmaras de vereadores da região para buscar apoio.

Coconho representou Amambai

A Câmara Municipal e o município de Amambai foram representados na reunião pelo presidente da Casa de Leis, vereador Osvaldo Machado Franco, o “Coconho”.

Segundo Coconho, a proposta apresentada durante a reunião, que aconteceu na Câmara Municipal de Dourados, com apoio da direção da Casa de Leis local, é levantar parte do recurso para a construção e estruturação do hospital com a doação de sobras de repasses de duodécimos das câmaras e outra parte com campanhas, leilões e shows de prêmios, que por sugestão de Coconho, deverão ser regionalizados por meio de micro regiões.

Durante a reunião também foi formada uma comissão que terá como incumbência difundir a idéia, levando os assuntos tratados durante a reunião para os demais municípios englobados nos 33 atendidos pela unidade de saúde.

Fazem parte da comissão o presidente da Câmara de Amambai, vereador Coconho, o presidente da Câmara de Naviraí, Gean Carlos Volpato e o presidente da Câmara de Dourados, vereador Idenor Machado, entre outros.

Da região Cone Sul do Estado, além de Gean Volpato e Coconho, também esteve presente acompanhando a reunião, o presidente da Câmara de Laguna Carapã, vereador Militão Miranda de Melo.

Coconho é responsável por micro região

O presidente da Câmara de Amambai, vereador Coconho ficou incumbido, ao ser escolhido membro da comissão, de coordenar os trabalhos em prol ao Hospital do Câncer em uma micro região composta por seis municípios, Amambai, Coronel Sapucaia, Aral Moreira, Paranhos, Sete Quedas e Tacuru.

“Atualmente muitas pessoas de Amambai e desses municípios já foram ou estão sendo atendidos pelo Hospital do Câncer de Dourados, portanto temos a obrigação de abraçar essa causa e batalhar pela estruturação deste hospital que já ajudou e ainda vai ajudar a salvar muitas vidas”, disse Coconho ao ressaltar que os atendimentos hoje realizados pelo Hospital do Câncer em Barretos só serão realizados a partir de agora se os pacientes forem encaminhados pelo próprio Hospital do Câncer em Dourados.

“Todos os encaminhamentos terão que partir do Hospital do Câncer de Dourados, que será responsável por uma triagem das pessoas da região. Sem esse encaminhamento não adianta procurar que não será atendido”, disse Coconho ao concluir relatando que o câncer tem cura e a pessoa que estiver passando por tratamento deve receber total apoio dos amigos e familiares, já que a depressão é um dos principais agravantes para o avanço da doença.

Ano passado 31 amambaenses foram atendidos pelo HC

No ano passado (2010) o Hospital do Câncer de Dourados atendeu 31 pessoas moradoras em Amambai e esse número deverá ser ampliado ainda mais neste ano de 2011.

Vale ressaltar que o atendimento das pessoas portadoras de câncer não é único. É um trabalho continuado que exige acompanhamento permanente.

Confira a lista com o número de  atendimento do HC de pessoas do Cone Sul em 2010

Amambai- 31 pessoas

Aral Moreira- 7 pessoas

Coronel Sapucaia- 32 pessoas

Paranhos- 15 pessoas

Sete Quedas- 16 pessoas

Tacuru- 17 pessoas

Iguatemi- 3 pessoas

Eldorado- 2 pessoas

Japorã- não teve

Mundo Novo- 2 pessoas

Itaquiraí- 20 pessoas

Naviraí- 80 pessoas

Jutí- 3 pessoas

Caarapó- 43 pessoas

Laguna Carapã- 4 pessoas

Deixe seu Comentário

Leia Também

100 UTI = OBITO
Ministério da Saúde prevê 3 mil mortes por dia por covid-19 nas próximas duas semanas
TRISTEZA NA FAMILIA
'Não tem UTI,amo vcs':a história por trás do tuíte viral que revela mensagens de mãe morta por covid
DISPARO ACIDENTAL
Assessor em fazenda do cantor Leonardo morre vitima de tiro acidental
VIOLENCIA DOMESTICA
Vítima de violência doméstica escreve bilhete com pedido SOS em agência bancária: 'Ele tá ai fora'
ALERTA AO CPF
Confira se o seu CPF foi usado de maneira IRREGULAR por desconhecidos
VAMOS PREVENIR
Igreja Adventista vota documento com orientações sobre cultos e reuniões
ALERTA AOS JOVENS
O que está por trás da alta das internações de jovens com covid
BRASIL EM PÂNICO
Brasil tem novo recorde de mortes por covid em 24 horas: 1.910
100 TRÉGUA
Brasil registra 1.726 mortes em 24 horas e bate novo recorde na pandemia; total chega a 257,5 mil
EXECUÇÃO NA MADRUGADA
Dona de bar é degolada e corpo encontrado nos fundos do estabelecimento